Publicidade

É decisão? Chama o Gabigol. O artilheiro brilhou mais uma vez e foi fundamental para nova conquista rubro-negra. Com dois gols dele, o Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 1, neste sábado, no Maracanã, e garantiu o título Carioca, o 37º da história do Fla, sendo o sexto tricampeonato. João Gomes sacramentou a vitória no fim. É mais uma taça para um time que não se cansa de vencer. O mosaico escrito hegemonia reflete bem o momento do Flamengo no Rio de Janeiro.

Após empate no primeiro jogo da final, quem vencesse neste sábado seria o campeão. E o Flamengo levou a melhor, com o faro de gol de Gabriel Barbosa. Ele já decidiu Libertadores, Brasileiro (a vitória sobre o Internacional) e agora o Estadual.

Flamengo Flamengo faz a festa no Maracanã | Foto: Marcelo Cortes / Flamengo / Divulgação

O Flamengo dominou o primeiro tempo e fez 2 a 0. O Fluminense nem sequer chutou a gol. Na etapa final, a zaga rubro-negra vacilou e cometeu pênalti. Fred marcou e recolocou o Fluminense na decisão, mas o Rubro-Negro, apesar do segundo tempo abaixo, conseguiu se segurar.

Publicidade

Agora, os dois rivais focam na Libertadores. O Fluminense enfrenta o River Plate, terça-feira, na Argentina. Para se classificar, o Tricolor precisa vencer para não depender de outro resultado. Já o Flamengo, garantido nas oitavas de final, recebe o Vélez Sarsfield, quinta-feira, no Maracanã, em duelo que vale a liderança do grupo.

Gabigol abre o caminho para o Flamengo

O Fluminense ficou na bronca com a arbitragem. Após cobrança de lateral para área, Willian Arão cabeceou a bola na própria mão. Os tricolores pediram pênalti. Como a jogada foi involuntária, Bruno Arleu de Araújo nada marcou. O primeiro lance de perigo foi rubro-negro. Rodrigo Caio ganhou pelo alto e achou Gabigol. Ele chutou para defesa de Marcos Felipe.

Depois foi a vez de o Flamengo reclamar do árbitro. Danilo Barcelos agarrou Bruno Henrique, na entrada da área, e impediu que ele aproveitasse cruzamento. O Rubro-Negro queria a expulsão, mas o lateral-esquerdo levou amarelo.

Gabigol Flamengo Gabigol brilhou mais uma vez | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Publicidade

O Flamengo dominava o jogo, mas encontrava dificuldade para criar. O Fluminense mal conseguia trocar passes e errava as tentativas de contra-ataque. Na reta final do primeiro tempo, Gabigol deixou Arrascaeta cara a cara com Marcos Felipe. O goleiro derrubou o uruguaio. Pênalti. Gabigol bateu e abriu o placar, aos 44 minutos.

Relacionadas

Flamengo
Flamengo
Arrascaeta Flamengo

Gabigol ampliou dois minutos depois. O Flamengo recuperou bola e teve espaço para atacar. Filipe Luis tocou para o artilheiro, que chutou cruzado. Marcos Felipe não conseguiu defender: 2 a 0.

O Fluminense terminou o primeiro tempo sem chutar a gol e com apenas 25% de posse de bola. Isso sem falar no prejuízo.

Fluminense desconta, mas Flamengo faz a festa

Publicidade

Roger Machado fez logo duas mudanças no intervalo. O técnico do Fluminense colocou Gabriel Teixeira e Caio Paulista. Saíram Luiz Henrique e Kayky. A mudança logo surtiu efeito. Caio Paulista foi derrubado na área por Rodrigo Caio. O VAR recomendou a revisão do lance. Bruno Arleu de Araújo deu pênalti. O Flu ficou na bronca, pois o zagueiro do Fla já tinha amarelo. Fred cobrou e diminuiu, aos seis minutos.

Arrascaeta, em cobrança de falta, quase marcou, mas Marcos Felipe mandou para escanteio. O goleiro do Flu teve de trabalhar de novo, agora em chute de Filipe Luís. Roger fez mais uma troca e lançou Cazares no lugar de Nenê. O Fluminense por pouco não empatou. Cazares cobrou falta para área, mas Danilo Barcelos furou pelo alto.

Rogério Ceni fez as primeiras mudanças. Ele tirou Gabigol e Arrascaeta e colocou Vitinho e Pedro. Roger Machado partiu para o tudo ou nada. Ele pôs Bobadilla e Abel Hernández. Saíram Yago Felipe e Fred.

Publicidade

Vitinho levou perigo e chutou para fora. Ceni pôs João Gomes e Matheuzinho. Saíram Gerson e Isla. A estrela de Gomes brilhou. Ele aproveitou rebote em chute de Pedro e fez 3 a 1. O Flamengo garantiu mais um título.

Rogério Ceni Flamengo Rogério Ceni conquista mais um título à frente do Flamengo | Foto: Marcelo Cortes / Flamengo / Divulgação

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3X1 FLUMINENSE

Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data: 22/05/2021 (sábado)
Horário: 21h05 (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga
Cartão amarelo: Danilo Barcelos, Marcos Felipe, Fred, Nino, Yago Felipe e Luccas Claro (Fluminense) e Rodrigo Caio e Bruno Henrique (Flamengo)
Cartão vermelho:
Gol:
Flamengo: Gabigol, aos 44′ e aos 46′ do 1ºT, e João Gomes, aos 41′ do 2ºT
Fluminense: Fred, aos 6′ do 2ºT

Publicidade

FLAMENGO: Gabriel Batista; Isla (Matheuzinho), Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego (Hugo Moura), Gerson (João Gomes), Éverton Ribeiro e Arrascaeta (Vitinho); Bruno Henrique e Gabigol (Pedro). Técnico: Rogério Ceni.

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Martinelli, Yago Felipe (Abel Hernández) e Nenê (Cazares); Luiz Henrique (Gabriel Teixeira), Kayky (Caio Paulista) e Fred (Bobadilla). Técnico: Roger Machado.

Comentários