Publicidade

O Botafogo vive um dia histórico nesta terça-feira. O novo presidente do clube será conhecido em uma eleição que acontecerá entre 9h e 21h(de Brasília) na sede de General Severiano. O pleito é tido como o mais importante da história do clube, uma vez que vai escolher o homem que pode conduzir a transformação do Botafogo em empresa. Concorrem três candidatos: Alessandro Leite (Chapa Ouro), Durcesio Mello (Chapa Preta e Branca) e Walmer Machado (Chapa Verde).

Alessandro Leite, Durcesio Mello e Walmer Machado  são candidatos (Foto: Divulgação)

O maior desafio do próximo presidente é salvar o Botafogo, um clube mergulhado em uma dívida que supera a casa de R$ 1 bilhão. Para agravar as perspectivas de receita não são animadoras e o quadro pode piorar: o time figura na zona de rebaixamento.

Leia também:

Publicidade

Emiliano Díaz: ‘Estão fazendo gols com muita facilidade’
Ramón Díaz indicou Téo Gutiérrez ao Botafogo

Apesar dessa realidade os três candidatos se mostram animados com a possibilidade de reerguer o clube.

Alessandro Leite fala em criatividade

Alessandro Pereira Leite é candidato a presidente do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O advogado Alessandro Leite tem 50 anos e já teve ligação com o grupo MAIS BOTAFOGO, no poder no clube desde que Carlos Eduardo Pereira se elegeu em 2015. Para muitos é o candidato da situação. Mas ele prefere manter o foco em encontrar solução para os problemas emergenciais do clube.

Publicidade

– O Botafogo S/A creio que saia do papel após acabar todo esse processo eleitoral. Mas isso não soluciona tudo e de um dioa para o outro o Botafogo vai ter um timaço. O próximo presidente vai precisar de criatividade e equilíbrio, pois hoje nada é fácil no Botafogo – disse Leite.

Durcesio cobra profissionalismo

Durcesio Mello, à direita, tem apoio de Montenegro (Foto: Divulgação)

Engenheiro e empresário, Durcesio Mello tem 65 anos e aposta no equilíbrio financeiro. Mas sabe que o S/A é fundamental.

– O Botafogo, pegando números do ano passado, terinou no vermelho. Arrecada cerca de 12 milhões de reais e gasta 17. Não dá para falar apenas em reduzir despesa pois é um grande clube. Precisamos é buscar receita. O Botafogo S/A é sim a solução, pois faria o clube e trabalhar sem dívidas. Temos que profissionalizar de vez o Botafogo – disse Durcesio.

Walmer lembra Companhia Botafogo

Walmer Machado quer ser presidente do Botafogo (Foto: Arquivo pessoal)

Publicidade

Advogado, Walmer Machado tem 63 anos e defendeu o Botafogo na causa da Odebrecht, que poupou ao clube R$ 45 milhões. Ele acredita que o Botafogo S/A não seja a única salvação do clube, mas trabalha na busca de investidores.

– O Botafogo S/A no modelo que foi apresentado faliu. O Botafogo já tem uma S/A que é a Companhia Botafogo. Assim, caso não vingue o processo que estão falando, temos a Companhia Botafogo como o plano B. O Botafogo tem investidores interessados. Eu mesmo levei ao clube um banco inglês, chamado Allantra, com capacidade de sanar as principais dívidas do clube – disse Walmer .

As eleições no Botafogo será realizadas em cédula de papel, mas respeitando os protocolos de prevenção contra a Covid-19. A apuração vai começar às 21h mesmo, tão logo acabe a votação, e a expectativa é que o vencedor seja conhecido antes das 23h(de Brasília). Quem ganhar herda o posto de Nelson Mufarrej a partir de 1 de janeiro. Estão aptos a votar 1691 associados. O próximoa presidente vai dirigir o clube entre 2021 e 2024.