Publicidade

Henrique Dourado - Fluminense Henrique Dourado é o artilheiro do Brasileirão com 16 gols – Divulgação/Fluminense

Eliminado da Copa Sul-Americana pelo Flamengo, o Fluminense tem apenas dois dias para se recuperar do revés antes de enfrentar o Botafogo. A partida deste sábado, às 19h, no Engenhão, é a última oportunidade para o Tricolor vencer um clássico regional pelo Campeonato Brasileiro 2017. Nas cinco partidas que disputou contra seus rivais cariocas, a equipe soma três derrotas e dois empates.

No primeiro turno do Brasileirão, o Fluminense foi batido em São Januário pelo Vasco por 3 a 2 e, no Maracanã, empatou em 2 a 2 com o Flamengo e perdeu por 1 a 0 para o Botafogo. No segundo turno, nova derrota para o Vasco, desta vez por 1 a 0, e empate em 1 a 1 com o Flamengo. As duas partidas foram realizadas no Maracanã.

Publicidade

Já o Botafogo vive momento oposto ao do Tricolor. Brigando por uma vaga na Libertadores do ano que vem, o Alvinegro tem três vitórias, um empate e apenas uma derrota diante dos seus rivais do Rio de Janeiro. Para piorar, o time comandado pelo técnico Jair Ventura venceu os dois clássicos que disputou no Engenhão: 2 a 0 contra o Flamengo e 3 a 1 sobre o Vasco. A única derrota foi no Maracanã, quando foi batido por 1 a 0 pelo Cruzmaltino, e o empate aconteceu no Estádio Raulino de Oliveira, no 0 a 0 contra o Rubro-Negro.

Leia também
Grêmio supera rivais brasileiros e busca ampliar história imortal na Libertadores
Quanto cada clube brasileiro deixou de ganhar na Libertadores 2017
PSG: destruidor de recordes e favorito na Liga dos Campeões
Veja: há 12 anos, o primeiro gol de Messi na Liga dos Campeões