Publicidade

O calendário do futebol brasileiro é praticamente uma maratona de jogos. Flamengo e Sport que o digam, entre os clubes da Série A do Brasileiro! A dupla já bateu a casa de 70 partidas em 2017. O Fla-Flu foi o 70º jogo do Rubro-Negro Carioca na temporada. O clube pernambucano chegou à marca de 71 jogos e alcançará, no mínimo, 80 jogos (tem mais oito pelo Brasileiro e o duelo de volta contra o Junior Barranquilla, pela Sul-Americana).

Sport já disputou 71 jogos em 2017 | Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife

O Flamengo, por sinal, é o time com mais vitórias (36) e gols marcados (117) até aqui, entre os clubes da Série A. Além do Fla, mais três clubes passaram dos cem gols na temporada: Fluminense, Grêmio e Sport. Líder do Brasileiro, o Corinthians tem o menor número de gols (37) sofridos em 2017.

Flamengo é o time com mais vitórias e gols na temporada | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Entre os clubes da Série A do Brasileiro, o Atlético-GO, com 48 jogos, é o time com menos partidas na temporada. O Dragão, o Atlético-PR e o Coritiba têm uma marca ruim: acumulam mais derrotas do que vitórias em 2017.

Confira o retrospecto dos times da Série A

Atlético-GO – 48 jogos (13 vitórias, 11 empates e 24 derrotas – marcou 50 gols e sofreu 64)

Publicidade

Brasileiro – 30 jogos, com sete vitórias, cinco empates e 18 derrotas
Campeonato Goiano – 16 jogos, com seis vitórias, cinco empates e cinco derrotas
Copa do Brasil – 2 jogos, com um empate e uma derrota

Atlético-MG – 63 jogos (31 vitórias, 14 empates e 18 derrotas – marcou 96 gols e sofreu 63)

Brasileiro – 30 jogos, com 11 vitórias, oito empates e 11 derrotas
Campeonato Mineiro – 15 jogos, com 11 vitórias, dois empates e duas derrotas
Libertadores – 8 jogos, com quatro vitórias, dois empates e duas derrotas
Primeira Liga – 6 jogos, três vitórias, dois empates e uma derrota
Copa do Brasil – 4 jogos, duas vitórias e duas derrotas

Atlético-PR – 63 jogos (21 vitórias, 19 empates e 23 derrotas – marcou 73 gols e sofreu 77)

Brasileiro – 30 jogos, com 11 vitórias, oito empates e 11 derrotas
Campeonato Paranaense – 17 jogos, com quatro vitórias, oito empates e cinco derrotas
Libertadores – 12 jogos, com cinco vitórias, dois empates e cinco derrotas
Copa do Brasil – 4 jogos, com uma vitória, um empate e duas derrotas

Avaí – 55 jogos (20 vitórias, 16 empates e 19 derrotas – marcou 52 gols e sofreu 58)

Publicidade

Brasileiro – 30 jogos, com oito vitórias, dez empates e 12 derrotas
Campeonato Catarinense – 20 jogos, com 11 vitórias, quatro empates e cinco derrotas
Primeira Liga – 3 jogos, um empate e duas derrotas
Copa do Brasil – 2 jogos, com uma vitória e um empate

Bahia – 58 jogos (27 vitórias, 16 empates e 15 derrotas – marcou 88 gols e sofreu 52)

Brasileiro – 30 jogos, com dez vitórias, oito empates e 12 derrotas
Campeonato Baiano – 14 jogos, com oito vitórias, cinco empates e um empate
Copa do Nordeste – 12 jogos, com oito vitórias, três empates e uma derrota
Copa do Brasil – 2 jogos, com uma vitória e uma derrota

Botafogo – 64 jogos (29 vitórias, 15 empates e 20 derrotas – fez 81 gols e sofreu 64)

Brasileiro – 30 jogos, com 13 vitórias, oito empates e nove derrotas
Libertadores – 14 jogos, com sete vitórias, três empates e quatro derrotas
Campeonato Carioca – 14 jogos, com sete vitórias, dois empates e cinco derrotas
Copa do Brasil – 6 jogos, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas

Chapecoense – 68 jogos (28 vitórias, 13 empates e 27 derrotas – marcou 85 gols e sofreu 85)

Publicidade

Brasileiro – 30 jogos, com 11 vitórias, cinco empates e 14 derrotas
Campeonato Catarinense – 20 jogos, com 13 vitórias, três empates e quatro derrotas
Libertadores – 6 jogos, com duas vitórias, um empate e três derrotas
Copa Sul-Americana – 4 jogos, com uma vitória, um empate e duas derrotas
Primeira Liga – 3 jogos, com dois empates e uma derrota
Copa do Brasil – 2 jogos, com um empate e uma derrota
Recopa Sul-Americana – 2 jogos, com uma vitória e uma derrota
Taça Suruga – 1 jogo, com uma derrota

Corinthians – 60 jogos (32 vitórias, 21 empates e sete derrotas – marcou 76 gols e sofreu 37)

Brasileiro – 30 jogos, com 17 vitórias, oito empates e cinco derrotas
Campeonato Paulista – 18 jogos, dez vitórias, seis empates e duas derrotas
Copa Sul-Americana – seis jogos, com três vitórias e três empates
Copa do Brasil – seis jogos, com duas vitórias e quatro empates

Coritiba – 49 jogos (18 vitórias, 12 empates e 19 derrotas – marcou 58 gols e sofreu 51)

Brasileiro – 30 jogos, com oito vitórias, oito empates e 14 derrotas
Campeonato Paranaense – 17 jogos, com dez vitórias, três empates e quatro derrotas
Copa do Brasil – 2 jogos, com um empate e uma derrota

Cruzeiro – 66 jogos (33 vitórias, 20 empates e 13 derrotas – marcou 93 gols e sofreu 53)

Publicidade

Brasileiro – 30 jogos, com 13 vitórias, oito empates e nove derrotas
Campeonato Mineiro – 15 jogos, com nove vitórias, cinco empates e uma derrota
Copa do Brasil – 14 jogos, com sete vitórias, cinco empates e duas derrotas
Primeira Liga – 5 jogos, com três vitórias e dois empates
Copa Sul-Americana – dois jogos, com uma vitória e uma derrota

Flamengo – 70 jogos (36 vitórias, 22 empates e 12 derrotas – marcou 117 gols e sofreu 57)

Brasileiro – 30 jogos, com 12 vitórias, dez empates e oito derrotas
Campeonato Carioca – 17 jogos, com 12 vitórias e cinco empates
Copa do Brasil – oito jogos, com três vitórias, quatro empates e uma derrota
Libertadores – seis jogos, com três vitórias e três derrotas
Copa Sul-Americana – cinco jogos, com quatro vitórias e um empate
Primeira Liga – quatro jogos, com duas vitórias e dois empates

Fluminense – 66 jogos (27 vitórias, 17 empates e 22 derrotas – marcou 104 gols e sofreu 81)

Brasileiro – 30 jogos, com nove vitórias, 11 empates e dez derrotas
Campeonato Carioca – 17 jogos, com nove vitórias, quatro empates e quatro derrotas
Copa do Brasil – oito jogos, com quatro vitórias, um empate e três derrotas
Copa Sul-Americana – sete jogos, com quatro vitórias e três derrotas
Primeira Liga – quatro jogos, com uma vitória, um empate e duas derrotas

Grêmio – 66 jogos (35 vitórias, 15 empates e 16 derrotas – marcou 105 gols e sofreu 53)

Publicidade

Brasileiro – 30 jogos, com 15 vitórias, cinco empates e dez derrotas
Campeonato Gaúcho – 15 jogos, com seis vitórias, sete empates e duas derrotas
Libertadores – 11 jogos, com oito vitórias, dois empates e uma derrota
Copa do Brasil – seis jogos, com cinco vitórias e uma derrota
Primeira Liga – quatro jogos, com uma vitória, um empate e duas derrotas

Palmeiras – 58 jogos (33 vitórias, nove empates e 16 derrotas – marcou 96 gols e sofreu 59)

Brasileiro – 30 jogos, com 16 vitórias, cinco empates e nove derrotas
Campeonato Paulista – 16 jogos, com 11 vitórias, um empate e quatro derrotas
Libertadores – oito jogos, com cinco vitórias, um empate e duas derrotas
Copa do Brasil – quatro jogos, com uma vitórias, dois empates e uma derrota

Ponte Preta – 56 jogos (20 vitórias, 16 empates e 20 derrotas – marcou 63 gols e sofreu 68)

Brasileiro – 30 jogos, com oito vitórias, oito empates e 14 derrotas
Campeonato Paulista – 18 jogos, com oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas
Copa Sul-Americana – seis jogos, com três vitórias, dois empates e uma derrota
Copa do Brasil – dois jogos, com uma vitória e um empate

Santos – 58 jogos (30 vitórias, 16 empates e 12 derrotas – marcou 81 gols e sofreu 47)

Publicidade

Brasileiro – 30 jogos, com 14 vitórias, 11 empates e cinco derrotas
Campeonato Paulista – 14 jogos, com oito vitórias, um empate e cinco derrotas
Libertadores – dez jogos, com cinco vitórias, quatro empates e uma derrota
Copa do Brasil – quatro jogos, com três vitórias e uma derrota

São Paulo – 54 jogos (21 vitórias, 16 empates e 17 derrotas – marcou 84 gols e sofreu 73)

Brasileiro – 30 jogos, com dez vitórias, sete empates e 13 derrotas
Campeonato Paulista – 16 jogos, com sete vitórias, seis empates e três derrotas
Copa do Brasil – seis jogos, com quatro vitórias, um empate e uma derrota
Copa Sul-Americana – dois jogos, com dois empates

Sport – 71 jogos (29 vitórias, 18 empates e 24 derrotas – marcou 101 gols e sofreu 84)

Brasileiro – 30 jogos, com nove vitórias, oito empates e 13 derrotas
Campeonato Pernambucano – 14 jogos, com seis vitórias, sete empates e uma derrota
Copa do Nordeste – 12 jogos, com seis vitórias, dois empates e quatro derrotas
Copa do Brasil – oito jogos, com cinco vitórias, um empate e duas derrotas
Copa Sul-Americana – sete jogos, com três vitórias e quatro derrotas

Vasco – 49 jogos (21 vitórias, 12 empates e 16 derrotas – marcou 52 gols e sofreu 56)

Publicidade

Brasileiro – 30 jogos, com 12 vitórias, sete empates e 11 derrotas
Campeonato Carioca – 15 jogos, com sete vitórias, quatro empates e quatro derrotas
Copa do Brasil – quatro jogos, com duas vitórias, um empate e uma derrota

Vitória – 60 jogos (30 vitórias, 12 empates e 18 derrotas – marcou 95 gols e sofreu 70)

Brasileiro – 30 jogos, com nove vitórias, seis empates e 15 derrotas
Campeonato Baiano – 14 jogos, com 11 vitórias e três empates
Copa do Nordeste – dez jogos, com sete vitórias, um empate e duas derrotas
Copa do Brasil – seis jogos, com três vitórias, duas empates e uma derrota