Publicidade

Decisivo na vitória do Flamengo sobre o Fluminense, pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana, Everton se igualou a Guerrero no posto de artilheiro dos clássicos do Rubro-Negro. Ambos têm cinco gols em duelos contra rivais estaduais na temporada. O Flu é a principal vítima do meia, que fez três gols no Tricolor. O peruano fez três no Botafogo. Por falar no Glorioso, o “Rei dos clássicos” de 2017, até o momento, é Roger.

Everton se iguala a Guerrero no Flamengo | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Em recuperação de uma cirurgia para retirada de um tumor no rim direito, o atacante ostenta uma marca de respeito na temporada. Roger é o atleta da Série A do Campeonato Brasileiro com mais gols em clássicos no ano. Ele balançou as redes oito vezes (três vezes sobre o Flamengo, três sobre o Fluminense e duas sobre o Vasco). O posto de Rei dos Clássicos é dele por enquanto.

Roger é o Rei dos Clássicos na temporada | Foto: Vítor Silva / SSPress / Botafogo

Dois artilheiros dividem até o momento a segunda colocação da briga pelo posto de Rei dos Clássicos: Jô, do Corinthians, e Henrique Dourado, do Fluminense. Ambos têm seis gols em clássicos na temporada. Jô, por sinal, começou 2017 com tudo e balançou a rede em seis clássicos consecutivos.

Henrique Dourado já ceifou seis vezes em clássicos na temporada | Foto: Nelson Perez / Fluminense F.C

Publicidade

Confira abaixo quem já balançou a rede em clássico na temporada, seja em campeonato estadual, Primeira Liga, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Sul-Americana e Campeonato Brasileiro.

Leia mais:
Poucos jogos e muito tempo afastado: os últimos anos de Adriano
Jornal lista privilégios de Neymar no PSG
Expulsões, polêmicas e confusões: bolas fora de Neymar na carreira

Por que o mundo precisa se render a Lionel Messi
Ronaldinho Gaúcho vira nome de vinho
Era Tite na Seleção Brasileira: 60 jogadores já foram chamados; Veja a lista
Flamengo passa Corinthians em das redes sociais

Os artilheiros dos clássicos em 2017

Atlético-GO

Wanderson – 1 gol
Jorginho – 1 gol
Júnior Viçosa – 1 gol

Atlético-MG

Publicidade

Fred – 3 gols
Robinho – 3 gols
Elias – 2 gols
Cazares – 1 gol
Otero – 1 gol
Maicosuel – 1 gol

Atlético-PR

Felipe Gedoz – 1 gol
Douglas Coutinho – 1 gol
Crysan – 1 gol
Eduardo da Silva – 1 gol

Avaí

Denílson – 4 gols
Romulo – 2 gols
Joel – 1 gol
Júnior Dutra – 1 gol
Leandro Silva – 1 gol

Bahia

Publicidade

Mendoza – 1 gol
Edigar Junio – 1 gol
Tiago – 1 gol
Edson – 1 gol
Régis – 1 gol
Allione – 1 gol

Botafogo

Roger – 8 gols
Sassá – 2 gols
Victor Luis – 1 gol
Igor Rabello – 1 gol
Dudu Cearense – 1 gol

Chapecoense

Reinaldo – 2 gols
Rossi – 2 gols
Túlio de Melo – 2 gols
Luiz Antonio – 2 gols
Wellington Paulista – 1 gol
Luiz Otávio – 1 gol
Arthur – 1 gol
Andrei Girotto – 1 gol

Corinthians

Publicidade

Jô – 6 gols
Romero – 2 gols
Jadson – 2 gols
Rodriguinho – 1 gol
Gabriel – 1 gol
Guilherme Arana – 1 gol
Clayson – 1 gol

Coritiba

Werley – 2 gols
Kleber Gladiador – 2 gols
Marcio – 1 gol
Iago – 1 gol

Cruzeiro

Arrascaeta – 4 gols
Thiago Neves – 4 gols
Rafael Sobis – 1 gol
Ábila – 1 gol

Flamengo

Publicidade

Guerrero – 5 gols
Everton – 5 gols
Diego – 3 gols
Willian Arão – 3 gols
Trauco – 1 gol
Réver – 1 gol
Berrío – 1 gol
Rodinei – 1 gol

Fluminense

Henrique Dourado – 6 gols
Richarlison – 4 gols
Wellington Silva – 3 gols
Wendel – 2 gols
Marcos Júnior – 1 gol
Lucas – 1 gol
Renato Chaves – 1 gol
Léo – 1 gol

Grêmio

Bolaños – 2 gols
Fernandinho – 1 gol
Léo Moura – 1 gol
Michel – 1 gol
Luan – 1 gol

Palmeiras

Publicidade

Willian – 3 gols
Dudu – 1 gol
Tchê Tchê – 1 gol
Guerra – 1 gol
Jean – 1 gol
Hyoran – 1 gol
Keno – 1 gol

Santos

Copete – 4 gols
Ricardo Oliveira – 3 gols
Kayke – 1 gol
Lucas Lima – 1 gol

São Paulo

Luiz Araújo – 3 gols
Pratto – 2 gols
Cueva – 1 gol
Maicon – 1 gol
Gilberto – 1 gol
Wellington Nem – 1 gol
Arboleda – 1 gol
Shaylon – 1 gol
Hernanes – 1 gol
Marcos Guilherme – 1 gol
Petros – 1 gol

Sport

Publicidade

Diego Souza – 3 gols
Juninho – 2 gols
Matheus Ferraz – 1 gol
Neto Moura – 1 gol
Ronaldo Alves – 1 gol
Rogério – 1 gol
André – 1 gol
Everton Felipe – 1 gol

Vasco

Nenê – 3 gols
Luis Fabiano – 2 gols
Manga – 1 gol
Caio Monteiro – 1 gol
Ramon – 1 gol
Pikachu – 1 gol
Douglas Luiz – 1 gol

Vitória

Wallace – 1 gol
Cleiton Xavier – 1 gol
Kanu – 1 gol
André Lima – 1 gol
Euller – 1 gol

Publicidade

* A Ponte Preta não enfrentou o Guarani neste ano