Publicidade

O ano de reconstrução, após a tragédia de 2016, terminou de forma especial para a Chapecoense. O clube catarinense garantiu uma vaga na Libertadores de 2018. A campanha no returno foi fundamental. Por sinal, a Chapecoense terminou o segundo turno do Brasileiro na liderança, à frente do Vasco pelo número de vitórias. Um título simbólico e notável para a Chape.

Neto, Ruschel e Follmann, sobreviventes da tragédia, comemoram a vaga para a Libertadores | Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

O G-4 do returno do Brasileiro foi bem diferente em relação ao primeiro. Apenas o Palmeiras fechou os turnos entre os quatro primeiros colocados. Além da Chape e do Vasco, o Atlético-MG figurou entre os melhores do segundo turno. Na primeira metade, Corinthians, Grêmio, Santos e Palmeiras, nesta ordem, foram os ponteiros do grupo especial.

LEIA MAIS

Publicidade

Neymar amarga primeira derrota pelo PSG: invencibilidade pelo Barcelona durou mais
Neymar e Cristiano Ronaldo parecem ‘valorizar’ mais a Copa do Mundo do que Messi
Celtic vira a principal vítima de Neymar na Liga dos Campeões ao lado do… PSG
Independiente na área é perigo certo para o Flamengo
Anote na agenda: sete jogos especiais da primeira fase da Copa do Mundo
Revanche com Alemanha, França e até Argentina no caminho: o Brasil rumo ao hexa
Brasil escapa de chave da morte: os grupos da Copa do Mundo

Por falar no campeão Corinthians, a campanha foi bem diferente nos turnos. No primeiro, um time arrasador, invicto e com 47 pontos. No returno, 25 pontos somados e a 12ª colocação.

São Paulo se recupera no returno

O Tricolor Paulista terminou o primeiro turno no Z-4, na 17ª colocação, com 19 pontos. Quanta diferença no returno. O São Paulo somou 31 pontos e só não terminou na liderança pois empatou com o Bahia, no Morumbi, na última rodada.

A classificação do returno do Brasileiro

Publicidade

[table id=26 /]

A classificação do turno do Brasileiro

[table id=27 /]

A classificação do Brasileiro

[table id=28 /]