Publicidade

Está chegando a hora para a aguardada final da Libertadores, entre Flamengo e Palmeiras. A 15 dias para a decisão, a ansiedade aumenta, além da preocupação em colocar o time a ponto de bala, de olho na glória eterna.

O Flamengo já começou a adotar a estratégia de preparação para a Libertadores. Renato Gaúcho rodou o time na vitória sobre o Bahia, nesta quinta-feira, pelo Brasileiro. A ideia é recuperar o elenco para a decisão.

Galeria de Fotos

O Palmeiras de Abel Ferreira já deu um bico na fase ruim que atravessava e embalou no Brasileiro, além de ganhar confiança para a decisão da Libertadores.

Relacionadas

Arrascaeta Flamengo x ABC
Renato Gaúcho Flamengo

Publicidade

O momento do Palmeiras é bem melhor do que o do Flamengo. O atual campeão da Libertadores emplacou seis vitórias seguidas. Entretanto, não significa que não tenha espaço para melhoras.

Vem aí um Flamengo x Palmeiras histórico pela Libertadores

Uma delas é no sistema ofensivo. Nos últimos três jogos, o técnico Abel Ferreira abriu mão de começar com um centroavante. Luiz Adriano anda em baixa no Palmeiras, assim como Deyverson, que não inspira muita confiança.

Luiz Adriano Palmeiras Luiz Adriano anda em baixa no Palmeiras | Foto: Palmeiras / Divulgação

O Palmeiras também precisa confirmar esta melhora em gols dos pontas. Rony e Breno Lopes, entrando no segundo tempo, voltaram a balançar as redes. O Verdão precisa que eles e Dudu deem conta do recado lá na frente.

Publicidade

Do outro lado, o Flamengo tira o sono da torcida. A queda de rendimento preocupa, assim como os problemas físicos. O primeiro passo rubro-negro é recuperar o quanto antes peças fundamentais do elenco. O Fla corre contra o tempo para deixar Filipe Luís, Arrascaeta e Pedro em condições.

Arrascaeta Flamengo Flamengo depende de Arrascaeta | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

A ausência do uruguaio é a mais sentida. Sem ele, o Flamengo perde em poder de criação e de decisão. A experiência e a qualidade de Filipe Luís também fazem falta, assim como a possibilidade de usar Pedro em jogos mais encardidos.

O peso do desfalque de Arrascaeta tem sido notado cada vez mais. O Flamengo vem sofrendo contra times fechados. É algo que Renato precisa encontrar soluções urgentemente, até porque a tendência é a de um Palmeiras mais cauteloso na final da Libertadores.

Publicidade

O Flamengo também perdeu a capacidade de pressionar com eficiência o adversário quando perde a bola. Tem estourado na defesa. Os rivais têm campo para atacar e encontram o sistema defensivo desorganizado e exposto.

Comentários