Publicidade

No fechamento da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, Fluminense e Atlético-MG empataram por 1 a 1 nesta segunda-feira, em São Januário. Com o resultado, os tricolores acabaram com a sequência de derrotas, chegaram a 18 pontos, mas seguem próximos da degola. Já os mineiros, com 38, permanecem na liderança.

O Fluminense abriu o placar no primeiro tempo, com Fred, de pênalti. Já na etapa final, o Atlético-MG e conseguiu empatar com Eduardo Sasha.

Fluminense sofreu com a pressão do Galo (Foto: Lucas Merçon/ Fluminense)

Na próxima rodada, o Fluminense recebe o Bahia, na próxima segunda-feira, no Maracanã. Já o Atlético-MG visita o Bragantino, no domingo, em Bragança Paulista.

O jogo

Publicidade

O confronto começou aberto, com o Fluminense tendo mais a bola, mas sem acertar o gol. Nos contra-ataques, o Atlético-MG teve a primeira chance aos 12 minutos. Vargas chutou na trave adversária.

O susto fez o Fluminense melhorar. Tanto que os donos da casa responderam em chute de Martinelli que parou em grande defesa de Everson. Só que no escanteio, Hulk abriu demais o braço em disputa de bola e acertou Luccas Claro. O árbitro marcou pênalti, cobrando com categoria por Fred para abrir o placar aos 24 minutos.

O revés fez o Atlético-MG buscar mais o ataque. No entanto, os mineiros não conseguiam criar boas chances, O Fluminense tratou de se resguardar e só avançava com organização. Depois de um período sem emoção, os visitantes quase empataram aos 41 minutos. Guga foi cruzar, a bola desviou na marcação e foi próximo da trave. Assim, os tricolores mantiveram a vantagem até o intervalo.

Atlético-MG empata no segundo tempo

Publicidade

Na etapa final, o Atlético-MG pressionou em busca do empate, mas encontrou um Fluminense bem postado na defesa. A primeira boa chance mineira aconteceu somente aos 12 minutos, em falta cobrada por Hulk. Depois, o atacante acertou a trave tricolor após falta cobrada na área.

Os lances animaram os visitantes, que aumentaram a pressão. A partir dai, o destaque da partida passou a ser o goleiro Marcos Felipe. O arqueiro impediu tentativas de Hulk e Allan.

O Fluminense passou a aproveitar os espaços dados pelo adversário. Tanto que os donos da casa desperdiçaram grande chance aos 35 minutos. Gabriel Teixeira recebeu passe na área, mas mandou longe do gol. Só que três minutos depois, o Atlético-MG igualou o marcador. Nathan achou Eduardo Sasha na área e o atacante chutou para a rede. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

Publicidade

Nos minutos finais, tanto Fluminense quanto Atlético-MG foram em busca do gol. No entanto, ambos não conseguiram mais criar boas chances e tiveram que se contentar com o empate em São Januário.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de agosto de 2021, segunda-feira
Hora: 20h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: Luiz Henrique, Yago e Abel Hernández (Fluminense); Hulk, Eduardo Sasha e Nathan Silva (Atlético-MG)
GOLS
FLUMINENSE: Fred, aos 24min do primeiro tempo
ATLÉTICO-MG: Eduardo Sasha, aos 38min do segundo tempo

Publicidade

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André (Bobadilla), Martinelli (Nonato) e Yago; Luiz Henrique (Gabriel Teixeira), Lucca (Nenê) e Fred (Abel Hernández)
Técnico: Marcão

ATLÉTICO-MG: Everson, Guga (Tchê Tchê), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Alan, Nacho (Sávio) e Zaracho (Eduardo Sasha); Savarino (Nathan), Hulk e Vargas (Keno)
Técnico: Cuca

Comentários