Publicidade

O técnico Marcão vem tentando encontrar a melhor formação do time do Fluminense. Mas a grande preocupação é com a falta de poder de criação do time. Se no início da temporada existia uma euforia com três nomes de qualidade. hoje existe sim é grande preocupação. Nenê, Paulo Henrique Ganso e Juan Cazares estão longe de representarem soluções.

Cazares vem de uma série de atuações ruins. Entra melhor no segundo tempo. Mas quando começa jogando é motivo de revolta dos torcedores. Nenê caiu drasticamente de produção em relação ao que se viu na temporada passada. Tanto que perdeu a posição. Os dois não foram escalados como titulares na vitória de 2 a 1 sobre a Chapecoense.

Nenê e Ganso não estão resolvendo. O segundo inclusive está lesionado (Foto: Divulgação)

Marcão apostou em uma trinca de volantes, com André, Martinelli e Yago. Apenas o último já teve experiência como meia. Mas está longe de garantir a criatividade. Assim mesmo após abrir 2 a 0 contra o lanterna do Brasileirão, que dava espaços, o Tricolor não criou oportunidades. Além disso levou um gol no segundo tempo e levou sufoco.

Publicidade

MAIS! Marcão tem a missão de usar bem a base

Paulo Henrique Ganso sequer está sendo tratado como solução. Isso porque fraturou o braço esquerdo e está fora de combate. Sem previsão de volta. Mas já não era tratado como uma resposta ao problema pela sua irregularidade.

Assim Marcão resolveu apostar no colombiano Arias centralizado. O jogador, que desfalcou o time contra a Chapecoense por ter ido ao sepultamento de sua avô, que morreu no domingo, deve ficar à disposição. Mas vai precisar de um tempo de adaptação.

Relacionadas

Marcão Fluminense

Publicidade

Ainda em relação a meia, Nenê pode inclusive sair. O jogador tem proposta do Vasco e estuda o retorno ao clube da Colina. Assim o clube até se movimenta no mercado em busca de uma solução. Mas tem poucas opções.

Comentários