Publicidade

O Fluminense ficou em situação complicada na Libertadores após o empate por 2 a 1 com o Barcelona-EQU, no Maracanã. Com o resultado, os tricolores terão que vencer em Guayaquil para avançar às semifinais.

A atuação da equipe cariocas foi novamente criticada pela torcida. Assim, mais uma vez, o técnico Roger Machado foi questionado sobre sua permanência no Fluminense.

Roger Machado Fluminense Roger Machado convive com críticas  (Foto: Fluminense / Divulgação)

O comandante tricolor se mostrou incomodado com as perguntas, principalmente com a equipe ainda na disputa da competição continental.

Publicidade

– Nós não estamos eliminados da Libertadores. Essa questão podemos deixar para outro momento. Na Copa do Brasil foi me questionado isso depois que perdemos o primeiro jogo como se já estivéssemos fora. Quem aposta na desclassificação do Fluminense em função do empate pode apostar que vamos buscar a vaga até o fim. Com relação a conversa, sempre conversamos. E cargo de treinador de futebol… Eu não sou o treinador do Fluminense, eu estou treinador do Fluminense. E sabemos que quando os resultados não acontecem naturalmente há um desgaste. Mas acho desnecessário esse tipo de questionamento justamente no meio de uma decisão importante – disse.

Relacionadas

Antes do duelo de volta pela Libertadores, o Fluminense volta a campo neste domingo, quando encara o Internacional, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.

Comentários