Publicidade

O técnico Roger Machado vem sendo alvo de críticas pela maneira como o Fluminense se comporta em campo. Isso porque dificilmente o Tricolor toma a iniciativa do jogo. O assunto voltou à tona no domingo, quando o treinador fez mudanças jogando o time para frente. O Tricolor dominou as ações na reta final do clássico contra o Flamengo e ganhou por 1 a 0. Com vários questionamentos sobre isso, Roger fez um desabafo.

O triunfo encerrou um jejum de quatro partidas e apagou, pelo menos em parte, o vexame da goleada para o Athletico-PR na semana anterior.

Roger Machado observa que ninguém quer ceder comando do jogo ao rival (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Roger Machado ganhou um pequeno crédito de confiança com a torcida, que já anda muito insatisfeita com o desempenho do time. Em entrevista à Flu TV, Roger negou que sua proposta de jogo seja apenas reativa.

Publicidade

– Nunca se faz uma programação para dar o controle do jogo pro adversário. O que a gente por vezes faz é tentar buscar uma jogada de velocidade nas costas – explicou Roger para em seguida usar o exemplo do Fla-Flu.

MAIS! Vem reforço? Mário pode surpreender torcida

Roger lembra de nomes ofensivos

O treinador seguiu na sua defesa. Além disso lembrou dos atletas que atuaram no clássico.

Publicidade

– No primeiro tempo, a gente usou muito pouco o Cazares pra controlar o jogo, e devolvemos a bola com velocidade pro Flamengo. No segundo tempo, com as substituições, a gente passou a empurrar, a fazer o Flamengo se preocupar com suas costas, criamos oportunidades na individualidade do Luiz Henrique, do Biel (Gabriel Teixeira), do Lucca. E fomos premiados com o segundo tempo superior ao adversário com respeito às oportunidades geradas – concluiu.

Relacionadas

Para tentar confirmar a recuperação no Campeonato Brasileiro, o Fluminense recebe o Ceará nesta quarta-feira, em São Januário. Este será um confronto do meio da tabela entre duas equipes com campanhas quase idênticas e mesma pontuação. O Ceará, entretanto, vem em ascensão e não perde há cinco jogos. Assim o Fluminense tem a chance de embalar.

Comentários