Publicidade

Embalado pela vitória sobre o River Plate e classificação para as oitavas de final da Libertadores, o Fluminense conseguiu segurar o São Paulo, mas ficou no empate sem gols na estreia no Brasileiro, neste sábado, no Morumbi. Nenê perdeu pênalti na etapa inicial.

O Fluminense, que não teve Fred, com indisposição, foi superior. O clube carioca se defendeu bem e não deu chances ao São Paulo. Marcos Felipe não fez nem sequer uma defesa difícil. No ataque, teve tudo para pelo menos fazer um gol, mas parou em Volpi e na trave.

Abel Hernández Fluminense Abel Hernández foi titular no lugar de Fred | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

O próximo jogo do Fluminense pelo Brasileiro é contra o Cuiabá, domingo, dia 6, no Maracanã. Antes, o Tricolor estreia na Copa do Brasil e na quarta-feira recebe o Bragantino, pelo jogo de ida da terceira fase. O São Paulo também joga pela Copa do Brasil e na terça-feira visita o 4 de Julho. Depois, no sábado, visita o Atlético-GO pelo Brasileirão.

Fluminense perde pênalti no 1º tempo

Publicidade

A primeira grande chance foi do Fluminense. Egídio lançou Abel Hernández, que chutou com força, mas Volpi salvou o São Paulo, aos três minutos. O Tricolor Carioca era superior. Caio Paulista assustou em finalização. Aos 24, Abel Hernández foi derrubado por Igor Vinícius na área. Pênalti. Após muita catimba por parte do São Paulo, especialmente de Miranda, Nenê bateu e parou em Volpi.

O Fluminense caiu de produção na sequência. O São Paulo, com mais de posse de bola, não conseguia criar. Desta forma, o primeiro tempo terminou sem gols.

– Ele (Miranda) ficou na minha frente e não deixou eu dar a minha passada. A responsabilidade de não fazer o gol é minha. Ele foi inteligente e disse que podia me atrapalhar fora da área. Eu acabei perdendo a passada e errei. Faz parte e vamos voltar para o segundo tempo e fazer o gol – declarou Nenê.

Fluminense não chega ao gol

Publicidade

O Fluminense quase abriu o placar logo aos 54 segundos da etapa final. Martinelli achou Gabriel Teixeira. O chute desviou em Volpi e ainda pegou na trave. O São Paulo melhorou, mas não conseguia criar contra a bem postada defesa carioca.

São Paulo x Fluminense Luccas Claro tenta pelo alto | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

O Tricolor Carioca recuava e buscava o contra-ataque. Abel Hernández foi bloqueado por Bruno Alves. Roger Machado fez as primeiras mudanças já na reta final. Ele colocou Kayky e Bobadilla. Saíram Caio Paulista e Abel Hernández.

O São Paulo finalmente assustou, aos 40 minutos do segundo tempo. Reinaldo cruzou da esquerda e Rojas, que entrou na etapa final, completou para fora. O empate sem gols persistiu.

FICHA TÉCNICA

Publicidade

SÃO PAULO 0X0 FLUMINENSE

Local: Morumbi, São Paulo
Data: 29/05/2021
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartão amarelo: Reinaldo (São Paulo) e Abel Hernández, Yago Felipe e Roger Machado (Fluminense)
Cartão vermelho:
Gol:
São Paulo:
Fluminense:

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan, Liziero (Eder), Gabriel Sara (Shaylon), Igor Gomes (Rojas) e Reinaldo; Pablo (Luciano). Técnico: Hernán Crespo.

Publicidade

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (Wellington) e Nenê (Cazares); Gabriel Teixeira (Luiz Henrique), Caio Paulista (Kayky) e Abel Hernández (Bobadilla). Técnico: Roger Machado.

Comentários