Publicidade

Cinco vitórias seguidas no Maracanã e… quatro derrotas consecutivas fora do Rio de Janeiro. O momento atual do Fluminense não deixa dúvidas: o time de Marcão encontrou o tom como mandante. Entretanto, vem sofrendo como visitante.

É com este alerta ligado e com esta missão que o Fluminense se prepara para os dois últimos desafios fora do Rio neste Brasileiro. O primeiro é contra o líder Atlético-MG, neste domingo, no Mineirão. Depois, no dia 5, vai visitar o Bahia.

Marcão Ceará x Fluminense Marcão e Fluminense têm missão nestes dois jogos fora | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

A sequência sem ganhar fora do Rio incomoda o Fluminense, mas as vitórias no Maracanã embalam o Tricolor Carioca a dar a resposta como visitante.

Relacionadas

Calegari Fluminense

Publicidade

– Nos últimos jogos a gente vem vencendo dentro de casa e muito por conta do apoio da torcida, mas a gente não vem tão bem assim fora de casa. Só que se é uma final para o Atlético-MG, também é uma final para a gente. A gente está buscando uma vaga direta na Libertadores e a gente vai entrar para ganhar, para buscar nossos pontos. E contra o Bahia também. Temos totais condições de sair com as vitórias para conquistarmos nosso objetivo – declarou Calegari.

A sequência de resultados do Fluminense

A última vitória do Flu fora de casa foi sobre o Athletico-PR, no dia 17 de outubro. Depois, perdeu para Santos, Ceará, Grêmio e Juventude. Já a série de triunfos no Maracanã é sobre Flamengo, Sport, Palmeiras, América-MG e Internacional.

MAIS! Fluminense quer levar ‘fator Maracanã’ para longe do Rio

Publicidade

Na briga por vaga para a Libertadores, o Fluzão sabe que qualquer vacilo pode custar muito caro. Por isso, precisa pontuar fora de casa, sobretudo com a perspectiva de lutar por G-4.

MAIS! Mário Bittencourt admite manter Marcão no Fluminense em 2022

O Fluminense está na sétima colocação do Brasileiro, com 51 pontos, dois a menos do que o Corinthians, quarto colocado. O G-4 leva diretamente à fase de grupos da Libertadores.

Comentários