Publicidade

O atacante Caio Paulista convive com críticas no Fluminense. Ele não vem conseguindo repetir as boas atuações que teve na temporada, desde que retornou de lesão. Caio chegou a ficar 45 dias parado em função de uma lesão na coxa direita.

Com passagem por Xerém, o jogador de 23 anos acabou se profissionalizando no Avaí, mas retornou ao Tricolor no início do ano passado. Visto com desconfiança pela torcida em 2020, Caio Paulista passou a ser destaque na equipe de Roger Machado no primeiro semestre.

Caio Paulista Fluminense Caio Paulista conta com apoio de Marcão | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

Apesar da má fase, ele tem sido escalado como titular pelo técnico Marcão nos últimos jogos do Fluminense. Assim foi nesta quarta-feira contra o Santos, na Vila Belmiro. Mas quando o resultado é negativo, Caio Paulista sofre com as críticas.

Relacionadas

Marcão Fluminense

Publicidade

– O Caio é um cara que sempre trabalhou muito. Sabemos que ele é um cara que pode nos entregar muito. Ele sabe também que não atingiu o nível que vinha jogando, mas é um cara que trabalha muito, busca muito, fica após o treino tentando fazer tudo e sabemos que em algum momento ele vai voltar a ser o Caio que conhecemos, de força, de entrega, que faz gol, que participa bastante. Ele está buscando, está trabalhando por isso – defendeu o treinador.

Marcão destaca função tática de Caio Paulista no Fluminense

Ao analisar o jogo, que terminou com o placar de 2 a 0 para o Peixe, Marcão ressaltou o papel tático de Caio e do companheiro Luiz Henrique.

MAIS! Fluminense frustra expectativa e sofre com antigo problema

Publicidade

– Apesar da derrota, o Luiz trabalhou bastante. Tanto fez a parte defensiva quanto a ofensiva. O Caio se destacou dessa forma também, um cara muito tático. Quando as coisas não vão muito bem, acabamos criando e buscando alguma alternativa para melhorar. Tanto que quando entendemos no segundo tempo que deveríamos mudar, colocamos duas linhas de quatro e dois homens na frente, pressionamos mais os zagueiros deles e acabamos criando algumas situações, mas, infelizmente, não resultaram em gol – avaliou o treinador.

Com a derrota, o Flu desperdiçou a oportunidade de entrar no G-6, mas terá a chance de se recuperar neste domingo. Pela 29ª rodada do Brasileirão, o Tricolor encara o Ceará no domingo, no Castelão.

Comentários