Publicidade

O técnico Marcão vem trabalhando no sentido de recuperar de vez o Fluminense no Campeonato Brasileiro e lutar por uma vaga na Copa Libertadores. Mas terá que conciliar isso com um olhar bem carinhoso para as categorias de base.

O treinador recebeu do presidente Mário Bittencourt a missão de aproveitar mais os atletas oriundos do time sub-23, que foi eliminado de forma precoce do Campeonato Brasileiro de aspirantes. Isso logicamente desde que não atrapalhe o desempenho do Tricolor em campo.

Gustavo Apis agradou no sub-20 do Flu (Foto: Mailson Santana/ Fluminense)

Caberá a Marcão, em conjunto com o auxiliar Aílton Ferraz, treinador do time sub-23, avaliar os nomes que interessam neste momento. Integram o time de profissional oriundos dos aspirantes oito atletas. São eles os goleiros Gustavo Ramalho, João Lopes e Pedro Rangel; o zagueiro Luan Freitas; os meias Gustavo Apis e Wallace; e os atacantes John Kennedy e Matheus Martins.

Publicidade

MAIS! Top 20 dos reforços mais caros do Brasil em 2o20

Desses os que mais chamaram a atenção de Marcão foram os dois meias. Gustavo Apis e Wallace estão sendo relacionados com mais frequência. O clube exerceu o direito de compra dos direitos federativos do primeiro, que assinou contrato até 2025.

– O Fluminense é um clube com as categorias de base muito forte, isso está na história do clube e sempre vamos trabalhar para dar oportunidades aos jogadores. Mas logicamente isso sempre ficará a critério do treinador e profissionais da comissão técnica – disse Mário.

Relacionadas

Caio Paulista Fluminense

Publicidade

Com dificuldades para ir ao mercado, apesar de não ter o elenco fechado, o Fluminense garimpa nas suas categorias de base de olho em possíveis reforços internos. Além disso quer preparar outros atletas para a próxima temporada.

Comentários