Publicidade

O Fluminense foi derrotado pelo Santos e perdeu a chance de entrar no G-6 do Campeonato Brasileiro. Os tricolores mostraram novamente a irregularidade dos últimos jogos na Série A.

O técnico Marcão foi questionado sobre a atuação do colombiano Jhon Arias. O jogador vem jogando como armador, diferente de sua posição original.

Jhon Arias Fluminense Jhon Arias colocou o Fluminense na frente | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

– Ele faz tanto por dentro, quanto pela ponta. Contra o Santos, em especial, colocamos ele do lado contrário da maneira que o adversário marcava. Quando eles escolhiam um lado, ele era a ponta do tripé. O lado esquerdo sempre sobrava. Se verem, é o cara que sobrava ali. Ele é um cara bom vindo da esquerda para a direita e agride bem o adversário. Nesse jogo não tivemos sucesso, mas foi uma coisa bem organizada, bem estudada. Temos possibilidades. No jogo passado, quando precisamos de um homem por dentro, fortalecemos o meio de campo e usamos ele pelo lado. Não é uma coisa amarrada, engessada. Se precisarmos utilizar pelo lado ele faz da melhor forma – disse.

Publicidade

Jhon Arias chegou durante o Campeonato Brasileiro e viveu altos e baixos. O colombiano emplacou algumas boas partidas, mas perdeu espaço e ficou outros jogos apenas como opção.

Relacionadas

Caio Paulista Fluminense

A tendência é a de que Jhon Arias siga entre os titulares neste domingo. O Fluminense viaja para encarar o Ceará, no Castelão.

Comentários