Publicidade

Mal assumiu o comando do Fluminense e o técnico Marcão já sabe que vai ter que administrar alguns problemas no clube. O principal deles é a perda de jogadores por lesão ou por suspensão. Contra o Atlético-MG em sua estreia, empate por 1 a 1, ele já não pôde contar com o meia Paulo Henrique Ganso. O jogador sofreu uma fratura no braço direito e teve que passar por uma cirurgia.

Mas os desfalques continuam a preocupar para o futuro. Na próxima quinta-feira tem reencontro com o Atlético-MG pela Copa do Brasil. As duas equipes duelam pelo choque de ida das quartas de final e o treinador ainda não sabe se poderá contar com o artilheiro.

Luiz Henrique e Abel Hernández Luiz Henrique e Abel Hernández não pegam o Bahia (Foto: Mailson Santana / Fluminense)

Autor do gol do Fluminense contra o Galo, em cobrança de pênalti, Fred foi substituído no intervalo com dores no joelho direito. O jogador vai ter que se submeter a exames e será reavaliado nas próximas horas.

Publicidade

– Foi uma pancada muito forte e vamos torcer para que não seja nada. Ele é muito forte, mas a pancada também foi. Entretanto ele começou o tratamento assim que saiu de campo – explicou Marcão.

MAIS! Saiba como Marcão pode ajudar o Fluminense

O departamento médico só deve se posicionar sobre Fred nesta quarta-feira.

Desfalques contra o Bahia

Publicidade

Além disso Marcão já tem desfalques para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro. O Tricolor carioca vai receber o Bahia na próxima segunda-feira no Maracanã sem os atacantes Luiz Henrique e Abel Hernández. Eles receberam contra o Galo com o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão.

Relacionadas

A boa notícia fica por conta do retorno do atacante Caio Paulista, que vinha sendo titular absoluto da equipe e se recuperou de lesão na coxa direita. Ele deve ficar à disposição para os próximos jogos. Além disso o clube regularizou a documentação do colombiano Arias.

Comentários