Publicidade

Quando foi contratado como um dos principais reforços para o Campeonato Brasileiro, o atacante Lucca encontrou parte da resistência da torcida. Isso porque ele teria recusado fechar com o clube em 2016 e em 2017. Nesta tarde de quinta-feira o jogador deu entrevista coletiva e esclareceu o assunto.

Lucca negou que recusou o Fluminense no passado (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Lucca disse que jamais recusou o Fluminense.

– Falaram que recusei o Fluminense em 2016 ou 2017. Isso é inverídico. Você recusa quando acontece proposta oficial e isso não aconteceu. Houve especulações. Eu entendo o torcedor, eu pensaria da mesma forma. O torcedor acredita no que vê na internet. Só para esclarecer isso, não houve proposta oficial na época – disse ele, que defendia o Corinthians na época.

Publicidade

Leia também:

Muriel comemora retomada da boa fase
Fluminense quer renovar com Odair Hellmann antes do fim do mês

Lucca, de 30 anos estava no Al Khor, do Qatar, e chegou para suprir carência no elenco após a saída de Evanilson. O atleta precisou de um tempo de readaptação física e está bem fisicamente. Entretanto, para ganhar uma vaga no time, esbarra na boa fase dos jogadores comandados por Odair Hellmann.

Publicidade

– Hoje eu me sinto bem fisicamente. Eu precisava de um tempo de readaptação porque lá o ritmo é totalmente diferente. E eu tive esse tempo e agora estou me sentindo muito bem, e estou à disposição. Só que tem que respeitar o momento de todo mundo e eu tô respeitando. É difícil para o treinador ter tantos resultados positivos e você chegar e tirar um ou outro, isso não faz bem pro grupo. Tô trabalhando pra quando a oportunidade surgir – afirmou Lucca em coletiva no CT nesta quinta-feira.

Lucca pode jogar em qualquer posição do ataque

Lucca quer ajudar o Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O atacante tem experiência tanto em atuar como centroavante como pelos lados do campo. No Tricolor, ele não escolhe posição e se coloca à disposição para ajudar. Até o momento, entrou em duas partidas saindo do banco de reservas.

— Vinha jogando numa posição diferente da que estou fazendo hoje. Estou procurando me readaptar. Joguei quase dois anos por dentro, mas minha carreira foi praticamente toda jogando pelos lados. Não tenho preferência. Odair me chamou para conversar e eu quero ajudar. Tem que ter uma readaptação pois são situações diferentes. Estou me sentindo bem fisicamente e onde ele precisar, eu estou à disposição – garantiu.

Publicidade

O Fluminense é o quinto colocado na tabela do Brasileirão, a única competição que o clube disputa. Neste sábado, o Tricolor visita o sexto colocado Palmeiras no Allianz Parque em confronto direto dentro do G-6.