Publicidade

O Fluminense deu a resposta no Brasileirão e mostrou que está na briga por vaga na Libertadores. Após um primeiro tempo abaixo, o Tricolor Carioca cresceu na etapa final e contou com a noite inspirada de Yago Felipe. O volante fez os dois gols da virada do Fluminense sobre o Palmeiras: 2 a 1, neste domingo, no Maracanã, pela 32ª rodada do Brasileiro.

Com a vitória, o Fluminense pula para 45 pontos e ganha fôlego na reta final do Brasileiro, para buscar o objetivo de ir para a Libertadores. O Tricolor Carioca está na oitava colocação, a quatro pontos do G-6. Já o Palmeiras, com 58 pontos, perde a segunda colocação para o Flamengo e cai para terceiro lugar.

Fred Fluminense x Palmeiras Fred divide com Mayke | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

Na próxima rodada, o Fluminense visita o Juventude, nesta quarta-feira, às 20h30 (horário de Brasília). O Palmeiras tem o clássico com São Paulo pela frente, no mesmo dia e horário.

Fluminense sofre no primeiro tempo contra o Palmeiras

Publicidade

O Palmeiras foi melhor no primeiro tempo. O Fluminense apresentou o velho problema de criatividade. O Verdão começou a se soltar. Veiga chutou e Marcos Felipe deu rebote e salvou na sequência, em finalização à queima-roupa de Rony. Entretanto, ele nada pôde fazer aos 27 minutos. Dudu ficou com rebote após cobrança de escanteio, aparou no peito e acertou um chutaço, no ângulo: 1 a 0.

Scarpa Fluminense x Palmeiras Scarpa não teve sossego: vaiado o jogo inteiro | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

O VAR, comandado por Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN), recomendou a revisão do lance pelo fato de ter jogadores do Palmeiras impedidos um pouco à frente de Marcos Felipe. Entretanto, o árbitro Caio Max Augusto Vieira (RN) considerou que eles não influenciaram na jogada e validou o gol.

A torcida do Fluminense, no primeiro tempo, só pôde concentrar os esforços em vaiar Gustavo Scarpa, que brigou judicialmente até sair do Tricolor Carioca. Insatisfeito com a produção ofensiva do clube carioca, Marcão fez logo duas mudanças no intervalo. Ele tirou Arias e Caio Paulista. Entraram Lucca e Gabriel Teixeira, que voltou a jogar depois de um pouco mais de um mês.

Fluminense melhora e chega à virada

Publicidade

O Fluminense empatou com 23 segundos da etapa final. Yago Felipe avançou e chutou da entrada da área. A bola desviou em Luan e enganou Weverton: 1 a 1. Scarpa, em cobrança de falta, fez Marcos Felipe trabalhar.

Yago Felipe Fluminense x Palmeiras Yago Felipe contou com a sorte para empatar o jogo | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

Aos 13, Lucca recebeu passe de Yago e foi derrubado na área. O árbitro Caio Max Augusto Vieira marcou pênalti. O VAR entrou em ação e recomendou revisão. Na origem da jogada, Wellington derrubou Veiga. O árbitro cancelou a penalidade.

David Braz, em cobrança de falta, quase virou. Weverton salvou o Palmeiras. Depois, ele viu Lucca emendar pelo alto e desperdiçar a chance da virada. O herói tricolor foi mesmo Yago Felipe. Aos 42 minutos, ele acertou o canto e fez 2 a 1. John Kennedy ainda acertou o travessão. Nos acréscimos, Dudu foi expulso.

Publicidade

Após o apito final, houve confusão entre David Braz e Deyverson. Fred foi expulso.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2X1 PALMEIRAS

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14/11/2021, domingo
Horário: 18h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Cartão amarelo: Victor Luis, Felipe Melo, Luan, Weverton e Deyverson (Palmeiras) e  Yago Felipe, Samuel Xavier, Gabriel Teixeira e David Braz (Fluminense)
Cartão vermelho: Dudu (Palmeiras) e Fred (Fluminense)
Gols:
Fluminense: Yago, aos 23 segundos do 2ºT e aos 42′ do 2ºT
Palmeiras: Dudu, aos 27′ do 1ºT

Publicidade

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, David Braz, Luccas Claro e Marlon; Wellington (Nonato), Martinelli (Cazares) e Yago Felipe; Arias (Lucca), Caio Paulista (Gabriel Teixeira) e Fred (John Kennedy). Técnico: Marcão.

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Gabriel Menino), Kuscevic, Luan e Victor Luis; Felipe Melo (Danilo Barbosa), Zé Rafael (Danilo), Gustavo Scarpa (Gabriel Veron) e Raphael Veiga (Breno Lopes); Dudu e Rony. Técnico: Abel Ferreira.

 

Comentários