Publicidade

Dois jogadores importantes e que não conseguem retornar aos gramados. Assim é a realidade que o Fluminense vem enfrentando com os atacantes Gabriel Paulista e Caio Teixeira. O elenco do Fluminense tem sofrido com baixas importantes devido a problemas musculares. O desgaste físico pelo excesso de partidas em três competições simultâneas estão cobrando uma conta alta para o Tricolor.

Caio Paulista segue sendo a situação de maior destaque. O atleta está fora da equipe desde o final de julho, mas ainda não reúne condições de entrar em campo. Ele chegou a ter a volta para o duelo da Copa do Brasil diante do Atlético-MG, na última quinta-feira, e para o jogo contra o Bahia, nesta segunda. Entretanto, as dores na coxa direita persistem.

Caio Paulista Fluminense 220821 Caio Paulista está recuperado de lesão (Foto: Mailson Santana / Fluminense)

Outro que preocupa a comissão técnica é Gabriel Teixeira. O atacante sofreu uma lesão no primeiro jogo das quartas de final da Libertadores diante do Barcelona. Ele, então, ficou dois jogos fora do time e retornou nos duelos contra o Atlético-MG, pelo Brasileirão e Copa do Brasil.

Publicidade

MAIS! Fluminense precisa arrumar a casinha

Mas Gabriel Teixeira voltou a sentir um desconforto durante os treinos e mais uma vez não pode atuar contra o Bahia, nesta segunda-feira.

Egídio também é problema

Além disso, o lateral-esquerdo Egídio apresentou sinais de desgaste físico e também ficou de fora da relação para encarar os baianos.

Publicidade

Com isso, o técnico Marcão perdeu três peças, duas delas para o ataque. Caio Paulista, Gabriel Teixeira e Egídio se somam a Ganso e Hudson. O meia se recupera de uma fratura no braço enquanto o volante passou por cirurgia para reparar lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Relacionadas

Após enfrentar o Bahia, o Fluminense terá oito dias para recuperar seus atletas até o confronto diante da Chapecoense, pela 19ª rodada do Brasileirão.

Comentários