Publicidade

A diretoria do Fluminense trata internamente a possível saída de Paulo Henrique Ganso como positiva. O jogador não é titular e tem um dos maiores salários do plantel. Assim os dirigentes querem definir o destino dele esta semana, mesmo que a sua permanência seja o capítulo final.

O Santos fez proposta pelo jogador. Não quer pagar nada pelo empréstimo até dezembro, mas aceitaria pagar 20% dos salários. O Fluminense recusou e as partes avançaram um pouco mais. Segundo fontes ligadas aos tricolores, hoje R$ 100 mil mensais separam Ganso do Peixe.

Fluminense quer definir logo destino de Ganso. Mas tem pendências (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O conselho financeiro do Santos deu aval para a sequência das conversas e novo encontro entre os clubes está previsto para esta quarta-feira.

Publicidade

MAIS! Fluzão perto de ter Caio Paulista em definitivo

A diretoria do Fluminense pretende conseguir um pouco mais do Santos. Assim os tricolores entendem que conseguiriam reduzir os prejuízos. Mas o Peixe não vive uma situação tão confortável no aspecto financeiro.

O Santos, por sua vez, deseja que seja colocado em contrato um valor para compra em definitivo dos direitos federativos do jogador. Mas o Tricolor não deseja para não ter riscos de perder o atleta no fim do ano.

Relacionadas

Emerson Sheik Corinthians Libertadores 2012
00

Publicidade

Paulo Henrique Ganso chegou ao Fluminense em fevereiro de 2019 em uma negociação por quatro anos de contrato. Com status de titular, passou alguns momentos no clube. Mas nunca foi tratado como um bom investimento.

Comentários