Publicidade

O Fluminense tem uma verdadeira decisão nesta quinta-feira pela Copa Libertadores. Visita o Barcelona no Equador pelo duelo de volta das quartas de final precisando da vitória. Mas como conseguir isso em um momento sem confiança? Na visão do técnico Roger Machado e dos atletas o triunfo será conquistado buscando inspiração em momentos de superação. Na memória o triunfo por 3 a 1 sobre o River Plate ainda na fase de grupos.

O jogo, pela última rodada da fase de grupos, foi na Argentina. Assim o Fluminense viajou para o Estádio Monumental de Núñez precisando fazer o resultado. O clima era mesmo de incerteza porque no jogo anterior o Tricolor tinha perdido no Maracanã para o Junior da Colômbia.

Nenê chuta para marcar o segundo gol do Fluminense contra o River (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Mas o Fluminense não se intimidou e partiu para cima do adversário. Assim foi construindo o resultado positivo e voltou de Buenos Aires com a classificação e o primeiro lugar do grupo.

Publicidade

MAIS! Como Arias pode mudar a forma de jogar do Fluminense

Ao longo das últimas semanas vários jogadores citaram aquele jogo como exemplo.

– O Fluminense conseguiu se impor e fez um grande jogo, com personalidade e sem fugir das nossas características. Esse jogo serve de certa forma de modelo para o nosso jogo – disse o atacante Fred.

Relacionadas

Ganso Internacional x Fluminense

Publicidade

Já em Guayaquil, no treino que fechou a preparação para o jogo, Roger Machado conversou com os jogadores e lembrou a partida. Alguns atletas também relembraram o jogo. O assunto deverá voltar à tona na preleção.

Comentários