Publicidade

Era para ter sido mais tranquilo. Mas o Fluminense conseguiu seu objetivo e derrotou a Chapecoense por 2 a 1 na noite desta terça-feira na Arena Condá, em Chapecó (SC). As duas equipes duelaram pela rodada 19 do Campeonato Brasileiro.

O Tricolor fez dois gols com menos de 20 minutos, com Bobadilla e Luiz Henrique. Mas Perotti descontou e engrossou o jogo no segundo tempo. Mas o Tricolor segurou a vantagem e chegou aos 25 pontos, em sétimo lugar. Já a Chape segue sem vencer, na lanterna com sete pontos.

Fluminense teve um bom começo de jogo contra a Chapecoense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O Fluminense volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo. O time recebe o São Paulo a partir das 20h30(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Já a Chapecoense, um dia antes, no sábado, encara o Bragantino. As duas equipes duelam às 19h(de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Fluminense começou o jogo arrasador

Bobadilla chuta para abrir o placar para o Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Publicidade

O Fluminense iniciou a partida com um ritmo alucinante e abriu o placar aos nove minutos. Bobadilla aproveitou sobra de jogada de Luiz Henrique e chutou sem chances para a defesa do goleiro Keller.

MAIS! Top 20 dos reforços mais caros do Brasileirão

A Chapecoense ainda tentava se recuperar do gol quando o Fluminense ampliou aos 18 minutos. Danilo Barcelos cobrou escanteio da direita e Luiz Henrique cabeceou, no primeiro pau, para vencer o goleiro.

Publicidade

Com a vantagem confortável o Fluminense recuou e deu campo para a Chapecoense, que passou a criar mais por conta do recuo tricolor do que por seus próprios méritos. Aos 22 minutos Marcos Felipe salvou um chute de Bruno Silva de dentro da área.

A Chapecoense seguiu pressionando e o goleiro do Fluminense voltou a salvar o time em uma cabeçada de Alan Santos aos 34 minutos. No último lance do primeiro tempo, nos acréscimos, Bruno Silva chutou para fora uma sobra da zaga.

Chapecoense engrossou o jogo

O Fluminense de Yago foi melhor que a Chapecoense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Na volta para o segundo tempo o Fluminense manteve o ritmo de treino e a Chapecoense tentou se impor. Entretanto a deficiência técnica do time catarinense atrapalhava os planos do técnico Pintado. Mas mesmo assim os donos da casa conseguiram descontar aos 15 minutos. Busanello cruzou da esquerda, Bruno Silva desviou e Perotti cabeceou para o fundo da rede. Assim colocou fogo no jogo.

Relacionadas

Publicidade

O lance animou a Chapecoense, que se lançou ao ataque. Aos 33 minutos Perotti perdeu grande chance ao chutar para fora mesmo de dentro da área. O Fluminense parecia assustado com a pressão catarinense.

A Chapecoense seguiu pressionando. Mas sem capacidade de reação. Assim o Tricolor conseguiu o triunfo. Além disso se afastou da zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 X 2 FLUMINENSE

Publicidade

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 7 de setembro de 2021, terça-feira
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Renda e público: jogo disputado com os portões fechados por conta da pandemia
Gols:
CHAPECOENSE: Perotti aos 15 minutos do 2º Tempo
FLUMINENSE: Bobadilla aos 9 e Luiz Henrique aos 18 minutos do 1º Tempo

CHAPECOENSE: Keller, Matheus Ribeiro, Kadu, Jordan e Busanello; Allan Santos (Anderson Leite), Moisés Ribeiro (Geuvânio) e Denner; Mike (Perotti), Anselmo Ramon (Ravanelli) e Bruno Silva (Foguinho)
Técnico: Pintado
FLUMINENSE: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André (Nonato), Martinelli e Yago (Wellington); Luiz Henrique (Nenê), Lucca (Caio Paulista) e Bobadilla (Abel Hernández)
Técnico: Marcão

 

Comentários