Publicidade

Na corrida para garantir vaga para Libertadores de 2022, o Fluminense tem apenas mais dois compromissos pelo Brasileirão. A uma vitória da competição continental, o Tricolor Carioca vem lidando com desfalques que devem perder os últimos jogos.

Esses são os casos de Nino e Gabriel Teixeira, para citar apenas os que mais frequentemente aparecem entre os titulares do técnico Marcão.

Nino Fluminense Nino é um dos principais nomes do Flu | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

O zagueiro Nino está afastado desde a partida contra o América Mineiro devido a uma lesão muscular na coxa esquerda. Ele ficou de fora das duas últimas partidas, contra Internacional e Atlético-MG.

Relacionadas

Publicidade

Já o caso de Gabriel Teixeira é mais complicado. O meia-atacante teve seguidas lesões nesta reta final da temporada e a que mais incomodou foi na coxa esquerda. Depois de ficar ausente por algumas rodadas, ele retornou ao time, mas voltou a sentir o problema no local.

MAIS! Sem espaço no Grêmio, Jean Pyerre volta à pauta do Fluminense

Outro que tem chance de não aparecer mais em campo em 2021 é o atacante John Kennedy, também devido a um problema muscular.

Publicidade

LEIA MAIS! Felipe Melo na mira do Fluminense

Engordam esta lista dois atletas que estão fora de ação por mais tempo, Paulo Henrique Ganso e Hudson. A dupla segue se recuperando de cirurgias e foca na preparação para a pré-temporada em janeiro. Ganso operou o braço e Hudson o joelho.

Comentários