Fluminense se inspira no 1º turno, mas está em alerta contra ‘armadilha’ no Brasileiro

publicado em 13/01/2021 às 9:13

Dez jogos e um objetivo: vaga para a Libertadores. O Fluminense entra na reta final do Campeonato Brasileiro focado. E o Tricolor pode se inspirar no primeiro turno para se aproximar da meta de ir para a competição internacional.

Hudson, Fluminense

Hudson alerta para ‘armadilha’ na reta final do Brasileiro | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

No recorte do primeiro turno, o Fluminense conquistou 21 pontos dos 30 disputados contra os clubes que vai reencontrar a partir desta quarta-feira. Ou seja, o Tricolor teve aproveitamento de 70% dos pontos contra os dez clubes que irá rever no returno.

LEIA MAIS! Em alta, Fred impõe respeito e torna o Fluminense mais forte

Contra os rivais que têm pela frente na reta final do Brasileiro, o Fluminense, no 1º turno, somou seis vitórias, empatou três vezes e perdeu apenas um jogo. Um aproveitamento de gente grande e, caso consiga repetir, tem tudo para levar o Tricolor para a Libertadores.

LEIA MAIS! Com contrato no fim, Hudson mostra desejo de continuar no Fluminense

No primeiro turno, por exemplo, o Fluminense venceu o Corinthians por 2 a 1, no Maracanã. Nesta quarta-feira, reencontra o rival, na Neo Química Arena, às 21h30, em confronto direto por vaga para a Libertadores.

Fluminense terá sequência contra times ameaçados

Nos dez jogos que faltam no Brasileirão, o Fluminense vai ter uma sequência contra times ameaçados e que lutam para escapar do rebaixamento. O Tricolor ainda jogará contra Sport, Coritiba, Botafogo, Goiás, Bahia e Fortaleza. Para não ser surpreendido, o Flu está alerta e não cai na armadilha de que seria mais fácil enfrentar clubes nesta situação.

“Quem acompanha o Brasileiro de pontos corridos sabe que o segundo turno é diferente do primeiro. As equipes que brigam lá embaixo, perto das rodadas finais, estão em situação de vida ou morte, então se torna mais difícil. Por mais que teoricamente não vivam bom momento, a dificuldade será a mesma de enfrentar Santos, Corinthians lá em São Paulo. Independentemente de camisa, sabemos que os times serão difíceis. O Fluminense se sai melhor quando pensa apenas nele. Somos um time que briga até o fim, acreditamos nas vitórias. Se fizermos isso, podemos enfrentar qualquer equipe de igual para igual”, analisou Hudson.

O Fluminense é o sétimo colocado do Campeonato Brasileiro, com 43 pontos.

Deixe seu comentário:

Comentário