Publicidade

O Fluminense não conseguiu reverter a desvantagem e acabou eliminado da Copa do Brasil nesta quarta-feira. Os tricolores foram derrotados pelo Atlético-MG por 1 a 0, em Belo Horizonte.

O duelo foi equilibrado no primeiro tempo, com as duas equipes desperdiçando boas chances. O Atlético-MG marcou o gol da vitória na etapa final, com Hulk, de pênalti.

Fred teve chance de marcar no primeiro tempo (Foto: Lucas Merçon/ Fluminense)

Agora, o Fluminense segue apenas com a disputa do Campeonato Brasileiro no restante da temporada. Já o Atlético-MG segue com chances de títulos em todas as competições que disputa.

O jogo

Publicidade

O Atlético-MG começou melhor a partida e pressionou o Fluminense. No entanto, os mineiros levaram pouco perigo ao gol de Marcos Felipe. Na melhor chance, Hulk tabelou com Zaracho e tocou para o meio da área ao invés de chutar para a rede.

Aos poucos, o Fluminense equilibrou a partida e passou a chegar ao ataque com qualidade. Os tricolores tiveram a melhor chance da etapa inicial aos 28 minutos. Danilo Barcelos cruzou para Fred, que cabeceou para grande defesa de Éverson.

Na parte final, o confronto ficou equilibrado, com as duas equipes voltadas para o ataque. O Atlético-MG teve a última chance antes do intervalo. Zaracho foi lançado na área e chutou cruzado com perigo. Assim, o duelo permaneceu igual até o intervalo.

Galo volta arrasador

Publicidade

No segundo tempo, o Atlético-MG voltou com tudo e novamente pressionou o Fluminense. Desta vez, os mineiros foram mais objetivos, mas desperdiçaram boas chances. Só que aos dez minutos, os donos da abriram o placar. Danilo Barcelos colocou a mão na bola na área e após revisão do VAR, o árbitro marcou pênalti, bem cobrado por Hulk.

O revés fez o Fluminense ser obrigado a avançar em busca do empate. No entanto, o Atlético-MG aproveitou o espaços para chegar ao ataque com facilidade. A melhor chance mineira aconteceu aos 23 minutos, quando Igor Rabello aproveitou falta na área para cabecear na trave.

Na parte final, o Atlético-MG diminuiu o ritmo. Com isso, o Fluminense ficou com a posse de bola, mas pouco incomodou o goleiro Éverson. Os mineiros seguiam tendo chances de ampliar, mas saíram de campo com a classificação.

Publicidade

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 1 X 0 FLUMINENSE

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 15 de setembro de 2021, quarta-feira
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Cartões amarelos: Zaracho (Atlético-MG); Danilo Barcelos e Yago (Fluminense)
GOLS
ATLÉTICO-MG: Hulk, aos 10min do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Everson, Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Réver), Zaracho (Keno) e Nacho (Sasha); Vargas (Diego Costa) e Hulk
Técnico: Cuca

Publicidade

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Wellington (Arias), Nonato (Calegari) e Yago; Luiz Henrique (Bobadilla), Caio Paulista (Gustavo Apis) e Fred (Abel Hernández)
Técnico: Marcão

Comentários