Publicidade

Com pouca inspiração e um futebol burocrático, o Fluminense amargou a terceira derrota seguida pelo Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Tricolor Carioca perdeu para o América-MG por 1 a 0, no Independência, pela 15ª rodada. O clube mineiro não vencia havia cinco jogos.

Bem no mata-mata – avançou para as quartas de final da Libertadores e da Copa do Brasil -, o Fluminense vive uma crise no Brasileirão. A terceira derrota seguida – já havia perdido para o Grêmio e o Palmeiras – deixa o Tricolor Carioca distante do G-6.

Kayky América-MG x Fluminense Kayky ganhou nova chance como titular | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

Com 17 pontos em 14 jogos (tem uma partida adiada), o Fluminense ocupa a 12ª posição do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o clube carioca visita o Internacional, domingo, às 20h30 (de Brasília), no Beira-Rio. Antes, porém, o Fluminense abre o duelo das quartas de final da Libertadores contra o Barcelona de Guayaquil, nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.

Relacionadas

Copa do Brasil

Publicidade

O América-MG interrompe uma sequência de cinco jogos sem vencer e respira no Brasileiro. O clube mineiro pula para 14 pontos e está na 17ª colocação, na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o América visita a Chapecoense, na Arena Condá, no dia 16, segunda-feira.

Burocrático Fluminense cai para o América-MG

O Fluminense teve desfalques de última hora e não pôde contar com Gabriel Teixeira, com virose, e Luiz Henrique, com problema muscular. Lucca e Kayky foram os escolhidos por Roger Machado.

A primeira chance foi carioca. Nenê acionou Egídio. O lateral-esquerdo chutou cruzado. O goleiro Matheus Cavichioli deu rebote. Fred chutou, mas também parou no arqueiro, aos sete minutos. Os donos da casa responderam com Felipe Azevedo, que chutou para fora.

Fred América-MG x Fluminense Fred é travado | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

Publicidade

O América-MG teve tudo para abrir o placar. Ademir recebeu em velocidade e emendou com força, mas Marcos Felipe salvou com leve e importante desvio. Foi um primeiro tempo morno. O empate sem gols persistiu no placar.

A etapa final começou com a mesma batida, com pouca inspiração nos dois lados. O técnico Roger Machado fez as primeiras mudanças. Ele colocou Cazares e Matheus Martins. Saíram Nenê e Lucca. Ademir arriscou de longe e viu Marcos Felipe espalmar.

A situação do Fluminense ficou pior. Aos 26 minutos, após cruzamento da direita, Manoel não conseguiu cortar. A bola sobrou para Ademir. Ele fez 1 a 0 para o América-MG. Roger, então, fez três alterações. Ele lançou Ganso, John Kennedy e Fred. Saíram Yago Felipe, Kayky e Fred.

Publicidade

Não adiantou o muito. O Fluminense ainda se salvou de levar o segundo. Chrigor ficou cara a cara com Marcos Felipe, mas chutou em cima do goleiro tricolor. Depois, ele defendeu chute de Rodolfo.

O burocrático Fluminense perdeu a terceira seguida pelo Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1X0 FLUMINENSE

Publicidade

Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 08/08/2021, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Cartão amarelo: Martinelli e Lucca (Fluminense) e Felipe Azevedo e Patric (América-MG)
Cartão vermelho:
Gol:
América-MG: Ademir, aos 26′ do 2ºT
Fluminense:

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Ramon (Juninho); Patric, Alê, Ademir e João Paulo (Marlon); Felipe Azevedo (Rodolfo), Fabrício Daniel (Marcelo Toscano) e Chrigor (Zé Ricardo). Técnico: Vagner Mancini

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (Ganso) e Nenê (Cazares); Lucca (Matheus Martins), Kayky (John Kennedy) e Fred (Abel Hernández). Técnico Roger Machado.

Comentários