Publicidade

O Fluminense considera que está bem servido no ataque e não cogita reintegrar o atacante Pablo Dyego. O jogador está de saída do Atlético-GO, onde entrou em rota de colisão com o técnico Eduardo Barroca. O Tricolor emprestou o atleta ao Dragão até o fim do ano.

A chegada de Barroca ao clube representou uma diminuição das chances de Pablo Dyego jogar. Foram apenas quatro partidas com a nova comissão técnica. Além disso ao longo de todo o ano ele entrou em campo apenas 16 vezes e sequer balançou as redes.

Pablo Dyego não faz parte dos planos do Fluminense (Foto: Fluminense FC)

Assim vem demonstrando a insatisfação e deseja sair. Além disso os atleticanos não querem a sua permanência e vão procurar o Fluminense por um retorno.

Publicidade

MAIS! Fluminense tem alívio nos cofres com acordo por Robinho

Mesmo tendo contrato com Pablo Dyego até o fim do ano, o Fluminense não vai criar problemas para a sua liberação. Isso porque ele não está nos planos e o CRB quer contratar o jogador até dezembro de 2022.

Para assinar com Pablo Dyego, o CRB vai precisar que ele rescinda contrato com o Fluminense. Mas sem custos. O Tricolor já sinalizou positivamente.

Relacionadas

Publicidade

O técnico Roger Machado conta com muitas opções para o ataque como Fred, Lucca, Kayky, Luiz Henrique, Gabriel Teixeira, Caio Pauli, Raúl Bobadilla e Abel Hernández. Assim não há espaço para Pablo Dyego, hoje com 27 anos.

Comentários