Publicidade

A prioridade no Fluminense volta a ser a Copa Libertadores. Depois de um mês de dedicando exclusivamente ao Brasileirão, a competição nacional perde espaço no Tricolor. Mas por uma boa causa. Na próxima semana já tem duelo de ida pelas oitavas de final do torneio continental. O rival, no Paraguai, será o Cerro Porteño.

Na noite de quarta-feira, em São Januário, o Fluminense empatou sem gols com o Ceará. Após o jogo virou a chave. A equipe das Laranjeiras, entretanto, ainda terá um compromisso no sábado pelo Brasileirão. O Flu, que enfrentará o Sport na Ilha do Retiro, em Recife, entretanto, não esconde sua prioridade.

Fluminense volta a olhar para a Libertadores. Assim o Brasileirão… (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O técnico Roger Machado explicou a estratégia.

Publicidade

– Vamos planejar o jogo do Brasileiro no fim de semana. Mas, sobretudo, pensando no jogo da Libertadores, e calcular essas alternativas, os riscos, para que cheguemos bem nesses dois compromissos – afirmou o técnico Roger Machado.

– O certo é que iremos segurar alguns atletas sim, para que levemos contra o Sport um time competitivo sem que tenhamos algum tipo de prejuízo para o jogo da terça-feira que é logo na sequência. Não tem muito o que fazer. É fazer essas escolhas – completou.

MAIS! Fluminense deve inscrever Marlon na Copa Libertadores

Publicidade

O treinador não admitiu expressamente que o clube está priorizando uma das competições, mas a intenção parece clara.

– Não gosto de falar a palavra priorizar, porque parece desprestígio para o Campeonato Brasileiro e para o adversário. Porém, temos que fazer escolhas do que é relevante ou não para esse momento – disse.

Jogo com o Ceará já mostrou cenário

Uma indicação da preocupação com o a competição continental foi a escalação de André como titular contra o Ceará. O titular Martinelli, um dos destaques da equipe na temporada, estava disponível, mas não poderá disputar o jogo em Assunção. Assim ,Roger optou por colocar André entre os titulares para avaliar a opção.

Publicidade

– À medida que o Martinelli não pode jogar, tinha a possibilidade de botar o André para jogar no jogo contra o Sport. Mas sabendo que vamos levar um time mais modificado para esse jogo, o André não estaria atuando com jogadores que vão estar em campo na terça-feira – disse Roger.

Relacionadas

O jogo de volta das oitavas da Libertadores será uma semana depois, no dia 20 de julho, no Maracanã. Entre os dois duelos contra os paraguaios, o Flu terá de enfrentar o Grêmio, pelo Brasileiro.

Comentários