Publicidade

O reencontro do Fluminense com Fernando Diniz e Brenner, técnico e atacante que defenderam o Flu em 2019, foi amargo. O clube carioca caiu diante do líder São Paulo, que venceu por 2 a 1, neste sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Fluminense x São Paulo Fluminense sofreu com Brenner | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

Brenner marcou os dois gols da vitória do São Paulo, que ampliou para sete pontos a vantagem na liderança do Brasileiro. E o Tricolor Gaúcho foi ao Maracanã com praticamente força máxima. Poupou apenas Juanfran de olho em decisão pela Copa do Brasil.

A derrota para o líder frustra os planos do Fluminense na briga por uma vaga na Libertadores. O Tricolor amarga o terceiro jogo sem vencer. Ainda não ganhou sob o comando de Marcão (duas derrotas e um empate). O Flu tem 40 pontos e está na 7ª colocação.

Publicidade

O Fluminense volta a campo no 6 de janeiro e tem pela frente o rival Flamengo, no Maracanã. Já o São Paulo decide vaga para a final da Copa do Brasil com o Grêmio, nesta quarta-feira, no Morumbi. O clube gaúcho venceu o jogo de ida por 1 a 0. Pelo Brasileiro, o próximo compromisso do Tricolor Paulista é contra o Bragantino, fora de casa, no dia 6.

Fluminense sofre com ‘lei do ex’

O São Paulo não demorou para dar o bote no Maracanã. O clube paulista atacou pela esquerda e Reinaldo cruzou para Brenner marcar, aos 14 minutos. Foi a lei do ex. O atacante defendeu o Flu no ano passado.

O Fluminense respondeu com Wellington Silva, mas o chute foi por cima, com perigo. Foi o lance mais agudo do clube carioca, que pouco criou. O São Paulo foi superior na primeira etapa, mas falhou nos contra-ataques e em momentos que poderia ampliar a vantagem.

Brenner encerra reação do Fluminense

Publicidade

O clube carioca assustou logo no começo do segundo tempo. Após cobrança de falta, Matheus Ferraz surgiu livre na área, mas completou para fora. Aos seis minutos, Fred deixou tudo igual. Ele aproveitou passe errado de Gabriel Sara, avançou e emendou uma bomba no ângulo: 1 a 1. Marcão fez a primeira mudança e colocou Lucca no lugar de Marcos Paulo.

Fernando Diniz respondeu em dose dupla. Vitor Bueno e Pablo entraram. Saíram Igor Gomes e Luciano. O Flu voltou a ficar em desvantagem. Gabriel Sara cruzou pela esquerda e Brenner parou em grande defesa de Marcos Felipe. Porém, o rebote ficou com Pablo, que chutou e virou assistência. Brenner dominou e fez o segundo: 2 a 1.

Marcão logo fez mais duas mudanças: Miguel e Caio Paulista. Saíram Yuri Lima e Wellington Silva.  A chance do empate caiu nos pés de Caio Paulista. Fred deixou o atacante na cara de Volpi, mas o toque de Caio Paulista foi para fora. O Flu não resistiu ao líder São Paulo.

FICHA TÉCNICA

Publicidade

FLUMINENSE 1X2 SÃO PAULO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: Sábado, 26/12/2020
Horário: 21h (Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Cartões amarelos: Yuri Lima, Calegari e Danilo Barcelos (Fluminense) e Luan (São Paulo)
Cartão vermelho: –
Gols:
Fluminense: Fred, aos 6′ do 1ºT
São Paulo: Brenner, aos 14′ do 1ºT e aos 26′ do 2ºT

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Matheus Ferraz e Danilo Barcelos; Yuri Lima (Miguel), Yago Felipe e Michel Araújo (Felippe Cardoso); Wellington Silva (Caio Paulista), Marcos Paulo (Lucca) e Fred; Técnico: Marcão.

Publicidade

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan (Nestor), Daniel Alves, Gabriel Sara (Toró) e Igor Gomes (Vitor Bueno); Luciano (Pablo) e Brenner (Hernanes); Técnico: Fernando Diniz.