Publicidade

O Fluminense amargou a terceira derrota seguida – um trinca pesada que impõe ao time do técnico Roger Machado o pior momento da temporada. Pela primeira vez em 2021, o Tricolor perde três jogos seguidos. Nesta terça-feira, o Flu caiu para o Criciúma por 2 a 1, no Heriberto Hülse, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O tropeço para o Criciúma se junta às derrotas para o Grêmio e para o Palmeiras, pelo Brasileiro. A trinca de derrotas pressiona o Fluminense, que precisa dar resposta em momento decisivo da temporada.

Roger Machado Fluminense Roger Machado precisa recolocar o time nos trilhos | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

O Fluminense já havia amargado duas derrotas seguidas duas vezes nesta temporada. Com o time alternativo, recheado de garotos, largou no Carioca com derrotas para Resende e Portuguesa.

Relacionadas

Felipe Mateus cobra e amplia para o Criciúma em cima do Fluminense - Foto: Reprodução

Publicidade

As outras duas derrotas seguidas foram para Junior Barranquilla, pela fase de grupos da Libertadores, e para o Flamengo, na final do Campeonato Carioca.

Ih…Caio Paulista recebe sondagens de fora do Brasil

O jogo de volta contra o Criciúma será neste sábado, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã. O Fluminense precisa vencer por dois gols de diferença para definir a parada no tempo normal ou por um para levar a decisão para os pênaltis. Roger Machado avalia o cenário.

Publicidade

– São três derrotas, duas no Brasileiro e uma na Copa do Brasil. Porém, essa da Copa do Brasil é parcial. Temos plenas condições de mudar esse resultado em casa fazendo um jogo diferente. Um jogo mais parecido do que fizemos com o Cerro no Paraguai, por exemplo, do que o desta noite – declarou Roger.

Comentários