Publicidade

Flamengo e Fluminense decidem neste sábado o título do Campeonato Carioca. As duas equipes se enfrentam às 21h(de Brasília), no Maracanã. Mas essa não é a primeira vez que um Fla-Flu vai decidir o Carioca. Os rivais já disputaram algumas decisões eletrizantes.

Muitos vão lembrar da final do ano passado, vencida pelo Flamengo. Outros preferem recordar o gol de barriga de Renato Gaúcho na finalíssima de 1995. Assim o MAIS QUE UM JOGO decidiu recordar quando a bola rolou nas decisões.

Fla-Flu 2017 Fla-Flu tem um histórico de decisões no Carioca (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

As duas equipes já se enfrentaram muitas vezes valendo o título estadual, fosse por serem os primeiros na tabela ou numa final propriamente dita. Foi numa dessa ocasiões que as duas equipes estabeleceram o recorde de maior público confirmado entre clubes de futebol no mundo. No Carioca de 1963, a partida reuniu 194.603 pessoas (177.656 pagantes) no Maracanã. O Flamengo tinha a vantagem do empate e o placar de 0 a 0 deu o título ao Rubro-Negro.

Galeria de Fotos

Publicidade

Seis anos mais tarde, o Fluminense deu o troco e garantiu o título antecipado ao vencer o Fla-Flu por 3 a 2. Neste jogo, Flávio foi o herói do jogo ao desempatar o jogo aos 34 minutos do segundo tempo

MAIS! Relembre os heróis que decidiram o clássico 

De lá pra cá, a dupla esteve frente à frente pelo título Carioca em sete ocasiões. Foram quatro títulos flamenguistas e três tricolores:

1972 – O Carioca de Caio Cambalhota

Doval liderou o Flamengo em 1972 (Foto: Arquivo Flamengo)

Publicidade

Em 1972, o Carioca foi decidido em um triangular final entre Flamengo, Fluminense e Vasco. O Cruzmaltino foi derrotado pela dupla Fla-Flu que se enfrentou na partida decisiva.

O Fluminense havia sido goleado por 5 a 2 na Taça Guanabara e estava mordido. Caio Cambalhota, irmão de César Maluco e Luizinho, marcou três vezes naquele jogo.

Relacionadas

Fred Fla-Flu

Com um triunfo por 2 a 1, o Fla foi campeão. Doval, aos 23 e Caio Cambalhota, aos 38, deixaram o Flamengo muito perto do título no primeiro tempo. O Flu descontou com Jair, aos 15 do segundo tempo, mas ficou nisso.

Publicidade

Vale destacar a assistência do tricampeão do mundo Paulo César Cajú para o gol de Caio. No time rubro-negro também estava um certo Vanderlei Luxemburgo na lateral-esquerda.

O time do Fluminense, por sua vez, contava com três tricampeões, o goleiro Félix, o lateral Marco Antônio e o meia Gérson.

1973 – Fluminense dá o troco

Fla-Flu de 1973 foi disputado debaixo de chuva (Foto: Arquivo Flamengo)

No ano seguinte, o Fluminense foi à forra com uma vitória por 4 a 2 na final. O Tricolor abriu 2 a 0 nos cinco minutos finais do primeiro tempo, com gols de Manfrini e Toninho Baiano. No segundo, o Fla reage e empata com dois gols de Dadá Maravilha. Manfrini e Dionísio, este último em posição duvidosa, fizeram os gols do título

1984 – Casal 20 Tricolor

Assis Fluminense Assis decidiu o título em 1984 (Foto: Acervo Flu-Memória)

Publicidade

O Fluminense formou uma grande equipe em 1984. Com nomes como Ricardo Gomes, Branco, Delei, o paraguaio Romerito e a dupla de ataque Assis e Washington, conhecida como Casal 20, o Tricolor foi campeão Brasileiro e Carioca, derrubando a hegemonia do Flamengo.

MAIS! Relembre as grandes polêmicas envolvendo o Fla-Flu

A situação nas finais do Estadual foi igual a de 1972, com um triangular final entre Flamengo, Fluminense e Vasco. Mais uma vez o Vasco perdeu seus jogos e na partida da última rodada, vitória por 1 a 0 e caneco para o Fluminense. Assis fez o gol do título aos 30 do segundo tempo.

1991 – Flamengo campeão na final em dois jogos

Júnior 1991 Júnior brilhou no Fla-Flu de 1991 (Foto: Reprodução Vídeo)

Publicidade

O Carioca de 1991 foi decidido em uma final com duas partidas. A primeira terminou empatada em 1 a 1. Na segunda e decisiva, o Flamengo venceu com autoridade por 4 a 2 e levantou a taça.

Ézio abriu o placar no primeiro tempo. No segundo, entre 12 e 32 minutos, o Fla empatou, virou e ampliou. Uidemar, Gaúcho e Zinho mataram o Flu. O Tricolor ainda diminuiu em seguida novamente com Ézio, mas Júnior fechou a conta com o gol do título.

1995 – Gol de barriga

Renato marca o histórico gol de barriga. Mas Ailton quem chutou (Foto: Reprodução Youtube)

Quatro anos mais tarde, o Carioca foi decidido em um octogonal final. Na última rodada, somente Fla e Flu tinham chances de ser campeões.

Publicidade

O Rubro-Negro tinha a vantagem do empate, mas o Flu saiu na frente com gols de Renato Gaúcho e Leonardo, no primeiro tempo. O Flamengo reagiu no segundo tempo e empatou o confronto com gols de Romário e Fabinho.

Aos 43 do segundo tempo, Aílton fez grande jogada na direita da área e chutou cruzado. A bola bateu na barriga de Renato Gaúcho e entrou. Assim o gol entrou para a história. Mas Ailton reclama o gol até hoje.

2017 – Flamengo levou a melhor

Rodinei Fla-Flu Rodinei comemora o gol decisivo. Mas não foi fácil (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Flamengo e Fluminense decidiram o Carioca pela última vez em 2017. A fórmula era a mesma de hoje e a final foi disputada em dois jogos. O Rubro-Negro saiu na frente com uma vitória por 1 a 0, com gol de Everton.

Publicidade

MAIS! Relembre campeões por Flamengo e Fluminense

Na partida final, o Flu abriu o placar no primeiro tempo com Henrique Dourado. O Flamengo só chegou ao empate no final do jogo com Guerrero. Mas na sequência, Rodinei fez o segundo e decretou a vitória por 2 a 1.

2020 – A última final

Flamengo quer repetir o feito de 2020 (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

O Flamengo ganhou o confronto de ida por 2 a 1. Assim foi para a segunda partida com tranquilidade. Além disso administrou o placar e ainda ganhou pela contagem mínima com um gol de Vitinho no fim do confronto. Entretanto a novela não acabou e ambos têm um reencontro no sábado.

Comentários