Publicidade

A novela envolvendo o volante Dodi continua longe do fim no Fluminense. Mas o empresário do jogador, Carlos Escuro, tem usado o tempo como aliado para tentar levar o Tricolor a se aproximar da proposta feita por ele para a renovação de contrato. O atleta tem vínculo com o clube carioca somente até 31 de dezembro. Mas como o Campeonato Brasileiro vai até fevereiro, o Fluminense tem pressa. Afinal de contas não quer correr o risco de ficar sem um importante titular com o time brigando na parte de cima da tabela de classificação.

Dodi está em alta no Tricolor (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

O Fluminense ofereceu a Dodi uma proposta inicial de três anos de contrato, com o jogador ganhando um aumento a cada ano. O valor inicial seria de R$ 110 mil e terminaria em R$ 130 mil. O jogador não ficou satisfeito. Isso porque hoje ele tem um salário muito baixo para um titular. Inclusive ganha menos do que alguns reservas e até mesmo de atletas promovidos recentemente das categorias de base.

Leia também:

Publicidade

Muriel comemora retomada da boa fase
Fluminense quer renovar com Odair Hellmann antes do fim do mês

Insatisfeitos com a postura de Dodi, que apenas recusava propostas. O Fluminense cobrou que o jogador desse o preço. O volante pediu R$ 270 mil de salário e luvas de R$ 2 milhões. Além disso o contrato teria que ser de quatro anos. O Fluminense respondeu com uma oferta de salário de R$ 150 mil e luvas de R$ 500 mil. Mas concordou com um contrato de quatro anos.

Dodi ainda não recebeu boas propostas

Dodi tem contrato até o fim do ano (Reprodução Flu TV)

Se o tempo pesa contra o Fluminense, a falta de propostas concretas pelo jogador ajuda o Tricolor. O Ceará, que tinha feito uma sondagem, não confirmou valores. O Fortaleza teria apresentado uma proposta, mas com bases salariais inferiores às do Fluminense. Palmeiras e Flamengo monitoram a situação, mas ainda não colocaram cartas na mesa.

Publicidade

Apesar da falta de propostas, os empresários de Dodi entendem que o mercado ainda vai aquecer. Assim a maior pressa seria mesmo do Fluminense.

Contratado em 2019, Dodi se destacou pelo Fluminense logo após a pandemia. Foi um dos destaques na reta final do Campeonato Carioca. Além disso tem sido um dos pilares do time de Odair Hellmann que está no G-6 do Campeonato Brasileiro, brigando por uma vaga na próxima Copa Libertadores.