Publicidade

A Conmebol mudou a data do duelo entre Fluminense e Cerro Porteño, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. O clube paraguaio pediu o adiamento do jogo em função da tragédia envolvendo o filho de Arce, técnico paraguaio. Alexsandro Javier Arce faleceu após um acidente automobilístico.

Alexsandro Javier Arce, de 20 anos, sofreu um acidente na manhã deste domingo. O carro dele se chocou contra uma árvore, na cidade de Luque. Ele não resistiu.

Roger Machado Fluminense Roger Machado é amigo de Arce | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

O Cerro Porteño pediu à Conmebol o adiamento do jogo e foi atendido. O duelo, que seria nesta terça-feira, no Maracanã, agora será realizado no dia 3. Como venceu a partida de ida, no Paraguai, por 2 a 0, o Fluminense pode até perder por um gol de diferença que avança para as quartas de final.

Relacionadas

Ganso Fluminense

Publicidade

O adiamento na Libertadores mexe com jogos do Fluminense na Copa do Brasil e na Libertadores. O duelo com o Criciúma, pela Copa do Brasil, estava marcado para o dia 3. Ele passou para o dia 7. Sendo assim, o duelo com América-MG, que seria dia 8, precisou ser adiado.

MAIS! Luiz Henrique, na mira de clubes italianos, pode deixar o Fluminense

O Fluminense, agora, volta a campo no sábado. O Fluzão visita o Palmeiras, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Comentários