Publicidade

O Fluminense perdeu a chance de encostar nos líderes do Campeonato Brasileiro ao empatar por 0 a 0 com o Bragantino, nesta segunda-feira. Com o resultado, os tricolores chegaram a 36 pontos e caíram para a oitava posição. Os paulistas, com 27, seguem próximos da degola.

O Bragantino foi melhor no primeiro tempo, mas pouco incomodou Marcos Felipe. O Fluminense equilibrou as ações na etapa final, mas as equipes seguiram com pouco criatividade.

Na próxima rodada, o Fluminense recebe o Athletico, no Maracanã, no sábado. No mesmo dia, o Bragantino enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira.

O jogo

Publicidade

O Bragantino começou melhor a partida e quase abriu o placar aos oito minutos. Claudinho cobrou falta, mas viu Marcos Felipe fazer grande defesa.

Os paulistas tinham mais objetividade no ataque, mas pecavam no último passe. Tanto que o Bragantino voltou a assustar aos 24 minutos, após Lucas Evangelista aproveitar escanteio e cabecear em cima de Marcos Felipe.

A partida teve a parada técnica por conta do forte calor. Depois da volta, o Fluminense equilibrou as ações no Maracanã. Os tricolores só tiveram boa chance já nos minutos finais. Cleiton saiu errado e deu no pé de Nenê. Só que o meia tentou por cobertura e mandou pela linha de fundo. Assim, o duelo seguiu igual até o intervalo.

Segundo tempo ruim

Publicidade

No segundo tempo, o Bragantino seguiu mais organizado e levando perigo. Tanto que aos nove minutos, Artur chutou próximo do gol tricolor. A resposta do Fluminense veio em seguida, mas Marcos Paulo demorou na hora de finalizar e foi bloqueado.

A partir dai, o confronto ficou equilibrado. Só que as duas equipes pararam de criar bons lances. Somente aos 37 minutos, Claudinho arriscou da entrada da área e obrigou Marcos Felipe a fazer grande defesa.

Nos minutos finais, o Fluminense até tentou esboçar uma reação. Igor Julião tentou de longe e assustou Cleiton. O Bragantino segurou o resultado para sair de campo com mais um ponto.

Publicidade

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 0 X 0 BRAGANTINO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de novembro de 2020, segunda-feira
Hora: 20h (de Brasília)
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Matheus Ferraz e Martinelli (Fluminense); Helinho, Cuello e Luan Cândido (Bragantino)

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Igor Julião; André, Martinelli (Nascimento) e Nenê (Fellipe Cardoso); Lucca, Wellington Silva (Luiz Henrique) e Marcos Paulo (Ganso)
Técnico: Odair Hellmann

Publicidade

BRAGANTINO: Cleiton, Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Luan Cândido (Edimar); Raul, Claudinho (Vitinho) e Lucas Evangelista; Arthur (Cuello), Helinho (Bruno Tubarão) e Ytalo (Hurtado)
Técnico: Maurício Barbieri