Publicidade

A derrota de 2 a 1 para o Atlético-GO na noite de quarta-feira ligou o sinal de alerta no Fluminense. Isso porque a saída de Odair Hellmann gerou um certo receio de que o time pudesse cair de produção. E o fato parece estar se confirmando.

Marcão está pressionado? (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Sob o comando de Marcão, efetivado como o substituto de Odair, o Fluminense empatou por 1 a 1 com o Vasco. Na noite de quarta-feira uma derrota diante de um Atlético que tinha antes desse jogo apenas dois triunfos como mandante no Brasileirão.

Leia também:

Publicidade

Fluminense perde para o Atlético-GO e vê G-4 distante
Marcos Paulo faz contraproposta realista e fica perto de renovar com Fluminense

Internamente a possibilidade de alguma troca no comando técnico está descartada. Mas existe a preocupação principalmente por parte do presidente Mário Bittencourt. Isso porque a decisão de bancar Marcão mais uma vez foi sua, com alguns conselheiros sugerindo a chegada de um treinador experiente.

Fluminense terá tempo para trabalhar

Fluminense foi dominado pelo Atlético-GO (Foto: Maílson Santana/ Fluminense)

Junto aos jogadores Marcão segue com moral no topo. A efetivação do treinador passou também bastante pela vontade do plantel. Assim o comandante tem respaldo do grupo, principalmente dos mais experientes, como o meia Nenê e o atacante Fred.

Publicidade

O Fluminense e Marcão terão tempo para trabalharem e tentarem corrigir os erros cometidos nos últimos jogos. O Tricolor só volta a campo agora depois do Natal, no dia 26 de dezembro, quando recebe o São Paulo, líder do Brasileirão, no Maracanã.