Publicidade

O Fluminense encerrou, neste domingo, a preparação para o jogo contra o Bragantino, nesta segunda-feira, às 20h, no Maracanã, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor treinou sob forte calor no CT Carlos Castilho. A atividade marcou o retorno de Nino e Michel Araújo, recuperados da Covid-19.

Nenê, Fluminense Nenê é só alegria: meia é um dos trunfos do Fluminense | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

Nino e Michel Araújo participaram do treino deste domingo, mas não devem ser relacionados pelo técnico Odair Hellmann para o jogo contra o Bragantino. A dupla passou pelos dez dias de isolamento, o que significa um período de inatividade. Desta forma, eles serão preparados para a partida contra o Athletico-PR, pela 24ª rodada, no sábado, no Maracanã.

LEIA MAIS! Fluminense tem receita para segurar o ‘ataque leve’ do Bragantino

Publicidade

O Flu acumula desfalques em função da Covid-19, como Muriel, Danilo Barcelos, Yuri, Digão e Hudson, e lesionados, como Fred e Yago Felipe. O técnico Odair Hellmann deve mandar a campo a seguinte escalação contra o Bragantino: Marcos Felipe; Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Igor Julião; André, Martinelli e Nenê; Lucca, Wellington Silva e Marcos Paulo.

LEIA MAIS! Libertadores de 2021 faz o Fluminense manter o foco no G-4

O atacante Fred, que se recupera de uma entorse no tornozelo direito, está em fase de transição física. A tendência é a de que o artilheiro seja reintegrado ao elenco tricolor ao longo da semana.

Fluminense mira o G-4 do Brasileiro

Publicidade

Vencer o Bragantino, nesta segunda, significa para o Fluminense voltar ao G-4 do Brasileiro. O Tricolor está na sétima colocação, com 35 pontos, e pode passar, de uma vez, Santos, Palmeiras e Internacional, que têm 37 pontos.

LEIA MAIS! Fluminense só terá Felippe Cardoso até o fim do Brasileirão

Após duas derrotas seguidas, para Grêmio e Palmeiras, o Fluminense se reabilitou na última rodada e bateu o Inter, de virada, no Beira-Rio. Revigorado, o Tricolor agora busca ultrapassar o clube gaúcho e voltar ao G-4 do Brasileirão.