Publicidade

O Fluminense folga neste fim de semana, sem jogo no Campeonato Brasileiro. Mas o time estará em campo pelas oitavas de final da Copa do Brasil, contra Criciúma, na partida de volta contra a equipe catarinense. Tudo em razão do adiamento da partida contra o Cerro Porteño, pela Libertadores, em razão da morte do filho do técnico Arce, em acidente de trânsito. Assim, três competições entrelaçadas alteraram a agenda do Tricolor carioca.

Nenê abriu o caminho para a vitória do Fluminense no jogo de ida contra o Cerro Porteño. Mas, o que isso tem a ver com o Brasileirão? (Foto: Conmebol/Divulgação)

Mais que isso: significa que o Fluminense pode fechar o fim de semana em 13º lugar, caso perca duas posições na tabela de classificação. Assim, estaria fora da faixa de clubes com vaga na Sul-Americana. Entretanto, só mesmo esperando a rodada para ver o tamanho do prejuízo.

Leia também

Cerro Porteño agradece Fluminense por adiamento

Publicidade

Duelo entre Fluminense e Cerro Porteño, pela Libertadores, é adiado

O trunfo do Fluminense na vitória sobre o Cerro Porteño

Santos e Internacional podem roubar a 11ª posição atual do Fluminense. No caso do clube paulista, basta um empate contra a Chapecoense, na Arena Condá, para passar o Tricolor. Isso porque o Santos leva igualaria o número de pontos, mas levaria vantagem no quesito saldo de gols. A outra ameaça seria o Internacional, entretanto, só mesmo goleando o Cuiabá, no Beira-Rio, por 5 a 0, para que ultrapasse o Fluminense. Assim, reverteria a seu favor a diferença atual no saldo de gols.

Relacionadas

John Kennedy Fluminense
Roger Machado Fluminense

Publicidade

Bem ou mal, por sorte do Fluminense quem o poderia passar seria o Juventude. Justamente o adversário que enfrentaria neste fim de semana, não fosse a confusa agenda após o adiamento do jogo contra Cerro Porteño.

Comentários