Publicidade

O Fluminense deu novo passo na campanha de recuperação que vem fazendo com Marcão no Campeonato Brasileiro. Sob o comando do técnico, o Tricolor Carioca agora ostenta uma invencibilidade de cinco jogos pelo torneio. Neste domingo, o Fluminense venceu o São Paulo por 2 a 1, no Maracanã, pela 20ª rodada. O Fluzão colou no G-6.

Com Marcão, o Fluminense soma três vitórias e dois empates no Brasileirão. O Tricolor Carioca voltou à briga pelo G-6: está na sétima colocação, com 28 pontos em 20 jogos. O Corinthians, sexto colocado, tem 29 pontos em 20 partidas. Já o São Paulo continua colado ao Z-4: é o 16º colocado, com 22 pontos, um a mais do que o América-MG.

Nino Fluminense x São Paulo Nino colocou o Fluminense na frente | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

O duelo de tricolores foi sofrível no primeiro tempo, com pouco futebol. A etapa final, felizmente, teve bola. E o Fluminense levou a melhor. Marcão consolida a reação carioca.

Relacionadas

Nenê Fluminense
Caio Paulista Fluminense

O que vem aí para Fluminense e São Paulo

Publicidade

Na próxima rodada, o Fluminense visita o Cuiabá, na Arena Pantanal, na segunda-feira, dia 20. Antes, tem compromisso pelas quartas de final da Copa do Brasil: enfrenta o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília), no Mineirão. O clube carioca perdeu por 2 a 1 o jogo de ida. Sendo assim, precisa vencer por dois gols de diferença ou por um para levar para os pênaltis.

O São Paulo também tem decisão pela Copa do Brasil: encara o Fortaleza, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Castelão. O jogo de ida foi 2 a 2. Quem ganhar avança à semifinal. Pelo Brasileirão, o Tricolor Paulista volta a campo no domingo, quando vai receber o Atlético-GO.

Contra o São Paulo, o técnico Marcão promoveu mais uma novidade, além das esperadas, na escalação do Fluminense. Ele colocou Calegari na lateral direita. Já Nonato entrou no meio de campo, no lugar de Martinelli, que sentiu na semana, e Caio Paulista ficou com a vaga do lesionado Lucca. Poupado contra a Chapecoense, Fred retornou no lugar de Bobadilla. O artilheiro, inclusive, completou 350 jogos pelo Tricolor Carioca. E foi decisivo com a assistência para Luiz Henrique.

Fred Fluminense x São Paulo Fred está na história do Fluminense | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

Primeiro tempo de dar sono

Publicidade

O primeiro tempo foi muito truncado, disputado e de pouca bola. O São Paulo até chegou a marcar duas vezes, mas os lances foram bem anulados (Luciano estava impedido e a bola saiu no cruzamento de Reinaldo para Luciano).

O Fluminense não conseguiu criar. A única finalização no alvo foi em falta cobrada por Danilo Barcelos, que Volpi defendeu sem problemas. O primeiro tempo foi duro de ver.

Fluminense supera o São Paulo na etapa final

O Tricolor Carioca abriu o placar no começo da etapa final. Após cobrança de escanteio, Nino mostrou oportunismo e, na pequena área, completou para o gol, após a bola sobrar para ele: 1 a 0, aos quatro minutos. A vantagem do Fluminense não durou muito. Luciano foi lançado, driblou Marcos Felipe e foi derrubado por Nino. Pênalti. O zagueiro ainda deu sorte. O árbitro Jefferson Ferreira de Moraes (GO) deu apenas amarelo. O zagueiro era o último lance. Reinaldo cobrou e fez 1 a 1, aos 14.

Publicidade

O Fluminense não demorou a responder. Fred já havia parado em Volpi, que defendeu finalização do artilheiro. Entretanto, aos 20 minutos, ele levou mais um. Fred ganhou no corpo de Miranda e deu um bolão para Luiz Henrique. Ele chutou no canto e fez 2 a 1.

Luiz Henrique Fluminense Luiz Henrique fez o gol da vitória do Fluminense | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

Danilo Barcelos, em cobrança de falta, obrigou Volpi a evitar o terceiro. O São Paulo respondeu na mesma moeda. Rigoni, que tinha acabado de entrar, quase surpreendeu Marcos Felipe. O goleiro carioca mandou para escanteio.

Marcos Felipe precisou salvar o Fluminense de novo. Vitor Bueno, outro que entrou no segundo tempo, ficou cara a cara com goleiro. Entretanto, viu Marcos Felipe defender.

Publicidade

O Fluminense conseguiu se segurar, venceu mais uma e confirmou recuperação no Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2X1 SÃO PAULO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12/09/2021, domingo
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartão amarelo: Igor Gomes, Miranda, Rigoni e Gabriel Neves (São Paulo) e Fred, Nino, Luccas Claro, André e Bobadilla (Fluminense)
Cartão vermelho:
Gols:
Fluminense: Nino, aos 4′ do 2ºT, e Luiz Henrique, aos 20′ do 2ºT
São Paulo: Reinaldo, aos 14′ do 2ºT

Publicidade

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André, Nonato (Wellington) e Yago Felipe; Caio Paulista (David Braz), Luiz Henrique (Samuel Xavier) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Galeano (Rigoni), Luan (Benítez), Gabriel Sara (Nestor), Igor Gomes (Gabriel Neves) e Reinaldo; Luciano e Pablo (Vitor Bueno). Técnico: Hernán Crespo.

Comentários