Publicidade

O Fluminense voltou a disputar a Copa Libertadores e venceu o Cerro Porteño por 2 a 0 no Paraguai. Mas na próxima terça-feira tem o reencontro dos times no Maracanã pelo duelo de volta. No meio disso tudo o Tricolor encara o Grêmio no Rio de Janeiro, sábado à noite, pelo Campeonato Brasileiro. Assim chegou a hora de o elenco do Fluminense mostrar a sua força.

Na sétima colocação do Brasileirão com 17 pontos, o Fluminense tem a mesma pontuação do Bahia, que fecha o chamado G-6. Assim é fundamental manter a pegada na competição nacional, que é maratona. Entretanto os próximos dias serão tensos em termos de competições mata-mata.

Fluminense trabalha de olho nos desafios (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Além do duelo de volta com o Cerro Porteño, o Tricolor já vai ter a Copa do Brasil novamente em julho. Começa o confronto com o Criciúma.

Publicidade

– Nós sabemos que vamos precisar nos empenhar muito, em dobro, pois agora é um jogo atrás do outro. Mas o elenco está cada vem mais focado em fazer o Fluminense brigar em todas as frentes – disse o técnico Roger Machado.

MAIS! Fluminense define data para retorno de Fred

Um dos principais desafios para o Fluminense com a maratona de jogos importantes é o desgaste do elenco. No duelo contra o Cerro Porteño o Fluminense não conseguiu contar com jogadores importantes, como os atacantes Raúl Bobadilla e Fred.

Relacionadas

David Duarte

Publicidade

Assim Roger vai ter que equilibrar o uso dos jogadores. Assim é possível que realmente priorize nos próximos dias a Copa do Brasil e a Copa Libertadores. Além disso vai ter que diminuir o ritmo dos treinos. Mas não há dúvida de que chegou a hora de o elenco mostrar força.

Comentários