Publicidade

O volante André viveu altos e baixos nesta temporada. O jogador quase foi negociado com o Botafogo, mas agora é titular do Fluminense.

André revelou que quando chegou na base do Fluminense atuava como atacante.

André virou titular com o técnico Marcão (Foto: Lucas Merçon/ Fluminense)

– Quem me trouxe para cá foi o Ricardo. Na Bahia só jogava na escolinha, na quadra. Fui fazer um campeonato no Bahia, era centroavante e fui artilheiro. O Ricardo Corrêa acabou me captando para cá. Se meu irmão não está aqui comigo, quando me mudei pra Barra, ia ficar difícil ficar aqui sozinho. O meu irmão largou tudo lá e veio aqui me dar essa força – disse ao canal do Victor Lessa.

Publicidade

O volante destacou que foi recuando a medida que o tempo foi passando.

– Em 2013, quando cheguei, não tive muita oportunidade. A concorrência era grande. Virou o ano, 2014, assumiu outro treinador, o Leonardo Ramos, foi recuando. Falso nove, meia… Segundo volante. Ficou assim em 2015, 2016. Evoluí muito nessa posição e depois só fui me aprimorando – declarou.

Relacionadas

André vai estar em campo pelo Fluminense na próxima quarta-feira, quando os tricolores recebem o Fortaleza, no Maracanã.

Comentários