Publicidade

A temporada de 2021 é especial para André no Fluminense e com um toque de reviravolta. O volante não tinha espaço com o técnico Roger Machado e ficou perto, em abril, de ser emprestado ao Botafogo.

O rol de clubes de olho no futebol de André não se limitou ao rival alvinegro. Cuiabá, CRB, Fortaleza, Juventude e Sport também sondaram o menino de Xerém. Entretanto, a saída do Tricolor não agradava ao jogador, que acabou permanecendo. Mais tarde, voltou a ter oportunidades, e, com a demissão de Roger e a volta de Marcão ao comando do time, virou destaque.

André Fluminense André deu a volta por cima no Fluminense | Foto: Mailson Santana / Fluminense / Divulgação

– No começo foi um pouco difícil, ainda mais para quem sai da base e é integrado, receber essa notícia (do empréstimo) não é bom. Mas sempre tento olhar pelo lado bom. Iria ter mais oportunidade fora, poderia jogar e voltar bem, mas nunca deixei de trabalhar, lutar. Sabia do meu potencial – disse André.

Relacionadas

Marcão Fluminense

Publicidade

O jogador agora comemora seu novo status no elenco e a renovação de contrato, anunciada pelo clube no início desta semana. O vínculo anterior, que terminaria em dezembro de 2023, agora irá até o fim do ano seguinte.

Mais um! Fluminense prorroga contrato de André

– Graças a Deus a oportunidade bateu, soube aproveitar, consegui emendar uma sequência boa. Estou feliz. Veio a renovação agora também. Amo esse lugar, amo esse clube, amo estar aqui – finalizou André.

Comentários