Publicidade

O Fluminense segue enfrentando dificuldades financeiras. E os processos trabalhistas continuam tirando o sono do presidente Mário Bittencourt. Dessa vez o pesadelo atende pelo nome de Aírton. O volante ganhou um processo na Justiça contra o Tricolor. Assim vai receber uma indenização.

Aírton na chegada ao Fluminense (Foto: Divulgação)

Aírton entrou com a ação pedindo indenização por salários atrasados, férias e multas. Ele disputou 43 partidas pelo Fluminense em 2018-19, e fez parte do grupo que conquistou a Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Fluminense e Aírton não fizeram acordo

Aírton processou o Fluminense. Assim vai receber uma bolada (Foto: Divulgação)

O clube tentou um acordo com o jogador, mas as partes não chegaram a um valor aceitável para ambas. Desta forma, o caso foi a julgamento e a juíza substituta Elisa Torres Sanvincente, da 66ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região, deu ganho de causa ao atleta.

Publicidade

Leia também:

Fluminense quer renovar com Odair Hellmann antes do fim do mês
Fluminense paga parte dos salários ao elenco

O total das verbas indenizatórias a serem pagas pelo Fluminense no processo é de R$ 618.117,64. Entretanto, ainda cabe recurso contra a decisão, e se a condenação do clube for mantida, o valor sofrerá correção.