Publicidade

Rival desta quarta-feira pela Copa Libertadores, o Independiente Santa Fe acumula polêmicas em jogos contra o Fluminense. A lista envolve reembolso por viagem e agressões em campo. Mas o Tricolor pode se orgulhar de levar vantagem no choque direto.

Até aqui foram três confrontos na história, todos em amistosos em Bogotá. No último a única vitória colombiana: 1 a 0 em 1964. Mas antes disso a polêmica tomou conta do duelo de 1960. O Tricolor ganhou por 2 a 0. Entretanto uma troca de agressões deixou os dois times como nove jogadores em campo.

Fluminense venceu duas vezes Santa Fe na Colômbia (Foto: Reprodução ‘O Globo’)

A partida foi disputada em clima de tensão pela violência dos colombianos em campo. Waldo e Paulinho anotaram os tentos dos cariocas. Mas Clovis e Edemilson, do Fluminense, e Montero e Perazzo, do Santa Fe, foram expulsos após trocas de agressões.

Publicidade

O primeiro jogo entre as duas equipes, em 1957, terminou com triunfo dos brasileiros por 1 a 0.

Santa Fe vai reembolsar o Fluminense

Antes mesmo de a bola rolar o jogo desta terça-feira teve polêmicas. O local da partida teve que ser trocado. Bogotá não permitiu a realização da partida por decisão de autoridades sanitárias. O país vive um surto por conta da Covid-19.

Relacionadas

Roger Machado Fluminense

Assim a partida passou para Armênia. Chegou a vazar na imprensa que o Fluminense cogitou viajar de ônibus. Mas o clube desmentiu que o fato tenha acontecido por meio de nota oficial. Assim vai fretar um avião.

Publicidade

O Fluminense, entretanto, vai ser reembolsado pela viagem para Armênia. Por decisão da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) o Santa Fe terá que dar R$ 50 mil ao Tricolor para custear as despesas com locomoção. Assim podemos ver que as polêmicas envolvendo esse rival são grandes.

Comentários