Afastamento de Dodi pode ser mais grave para o Fluminense. Entenda!

publicado em 20/11/2020 às 13:46

A polêmica envolvendo Dodi e o Fluminense ainda deve render muito pano para manga. Mas o afastamento do jogador, que vem se negando a renovar contrato, pode ser ainda mais grave para o Fluminense. A diretoria decidiu que o jogador não vestirá mais a camisa do Tricolor, mesmo com contrato até 31 de dezembro. A decisão foi tomada após uma reunião onde o clima esquentou entre o presidente Mário Bittencourt e o empresário Carlos Escuro, que representa o atleta.

Dodi estava em alta no Tricolor (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

A gravidade da situação é que Dodi aumentou a lista de desfalques que o técnico Odair Hellmann terá apa a partida contra o Inter. O Tricolor visita o Colorado no Beira-Rio neste domingo, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia também:

Fluminense prorroga contrato de Hudson. Mas mira vínculo maior
Nenê relembra primeiro turno para acalmar o Fluminense

O Fluminense vem de derrotas para Grêmio e Palmeiras e busca uma reação. O time perdeu várias posições na tabela e saiu do G-6, grupo de equipes classificadas para a Libertadores em 2021. O Flu é o oitavo colocado com 32 pontos.

Entretanto, para a partida deste domingo, a lista de desfalques só aumenta. Sem entrar em acordo para renovação de seu contrato, a diretoria do Fluminense afastou o volante Dodi, que não vai mais entrar em campo este ano.

Inter também tem problemas

Carlos Escuro é o empresário de Dodi (Foto: Instagram)

Além disso, o Flu tem vários problemas de ordem médica. Fred se recupera de uma torção no tornozelo, e Pacheco de uma lesão muscular. Já Nino, Egídio e Michel Araújo testaram positivo para a Covid-19, e estão afastados dos treinos. Assim o quadro é grave.

Do lado do Inter, o foco da equipe está no confronto da próxima semana contra o Boca Juniors, pela Libertadores. Assim, o Colorado pode poupar muitos jogadores no duelo contra o Fluminense. Em outra baixa, o Inter não terá Abel Braga na área técnica. O treinador foi mais um a testar positivo para a Covid. Os auxiliares Leomir de Souza e Osmar Loss comandarão a equipe no período de afastamento de Abelão.

Após o confronto contra o Inter, o segundo seguido fora de casa, o Fluminense vai disputar três partidas no Rio de Janeiro, contra Bragantino, Atlético-PR e Vasco.

Deixe seu comentário:

Comentário