Publicidade

Marcão está iniciando aos poucos o seu trabalho no Fluminense. Mas já deixou evidente algumas preferências em seus primeiros momentos como substituto de Odair Hellmann. O treinador quer dar mais oportunidades para jovens promovidos das categorias de base. Com forte ligação com os juniores e com o time de aspirantes, Marcão entende que tem muita coisa boa à disposição da comissão técnica.

Gabriel Teixeira vai trabalhar com Marcão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Um exemplo disso deve ser visto no clássico do próximo domingo contra o Vasco. As duas equipes se enfrentarão a partir das 20h30(de Brasília), em São Januário, e o Tricolor deverá relacionar dois garotos que ainda não tiveram oportunidades junto aos profissionais. São eles os atacantes John Kennedy e Gabriel Teixeira, que estão se destacando pelo time sub-20 do Tricolor nesta temporada.

Leia também:

Publicidade

Adeus! Digão se despede nas redes sociais
É moleza? Marcão sente o gosto de assumir Fluminense em uma boa posição

Aos 18 anos, John Kennedy tem flutuado entre os times sub-20 e sub-23 do Fluminense. Tem 25 partidas por elas e impressionantes 14 gols anotados. Um ano mais velho que oi colega de clube, Gabriel Teixeira fez quatro gols nos 14 jogos que teve oportunidade. Mas ambos jamais trabalharam com os profissionais.

Marcão vê garotos de qualidade na base

John Kennedy em ação pelo Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Marcão, mesmo antes de assumir o comando do time, já falava sobre a necessidade cada vez maior do Fluminense valorizar os jovens.

Publicidade

– O Fluminense vem conseguindo trabalhar bem essa questão dos jovens, pois tem tido boas estratégias. Assim revelou muitos bons jogadores nos últimos anos e tem muita gente boa pedindo passagem ainda – disse Marcão.

Um indicativo de que os dois atacantes serão relacionados é que eles passaram a trabalhar com os profissionais na quinta-feira. Mas a definição sobre isso e sobre a escalação do time que vai a camnpo acontecerá neste sábado.