Publicidade

A diretoria do Flamengo está satisfeita com o desempenho do técnico Dome à frente da equipe. Mas não é só pela boa fase do time na temporada. Adepto do rodízio de jogadores, o treinador espanhol está utilizando com frequência atletas da base rubro-negra.

Quatro jogadores do campeão sub-17 de 2019 estão atuando no profissional com Dome (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

O surto de Covid-19 que atingiu o Flamengo em setembro obrigou a comissão técnica a buscar jogadores na equipe sub-20 para compor o time no Campeonato Brasileiro e Libertadores.

A experiência foi um sucesso e revelou nomes que agora disputam até uma vaga no time titular. Empolgado com a qualidade dos jogadores, Dome indicou que vai manter o processo e dar oportunidades aos garotos da base.

Publicidade

Para a diretoria, isso foi motivo de comemoração. O clube investe pesado nas categorias de base e conta com a receita na venda de suas promessas. Nos últimos anos, as vendas de Vinícius Jr., Lucas Paquetá, Léo Duarte e Reinier ajudaram o Fla a bater recordes de receitas.

Leia também:

Pressão em Diego Alves! Hugo foi o melhor em campo

Publicidade

Flamengo vai ter novidades no duelo contra o São Paulo

Dome coloca base em evidência

No elenco atual do Flamengo, o zagueiro Thuler (21), o meia Pepê (22) e o atacante Lincoln (19), já estavam no elenco profissional em 2019. O goleiro Hugo Souza (21) e o lateral-esquerdo Ramon (19), foram promovidos no início do ano, ainda sob o comando de Jorge Jesus.

Com Dome, os zagueiros Natan (19), Gabriel Noga (18) e Otávio (18), os volantes João Gomes (19), Daniel Cabral (18), Richard Ríos (20) e os atacantes Lázaro (18) e Guilherme Bala (19), já tiveram pelo menos uma oportunidade de entrar em campo.

Publicidade

A diretoria não está dormindo no ponto e trabalha para estender os contratos das principais promessas e elevar as multas rescisórias. Na mais recente negociação, a do volante Daniel Cabral, o contrato foi estendido até 2025 com multa de 100 milhões de euros.

O goleiro Hugo Souza está se tornando a revelação do ano no futebol brasileiro com grandes atuações. Ele tem contrato até 2023, mas o Flamengo já quer ampliar o vínculo até 2025, com multa rescisória de 70 milhões de euros.

Já o zagueiro Natan, canhoto, ganhou a preferência do treinador em relação à Léo Pereira. Seu contrato vai até 2024 e também tem multa de 70 mi de euros.

Publicidade

O atacante Lázaro, recebeu sua primeira oportunidade na equipe na semana passada, na partida contra o Junior de Barranquilla, pela Libertadores. Campeão mundial sub-17 ao lado de Daniel Cabral, tem contrato até 2025 e multa de 80 mi de euros.

Embora o Flamengo sempre ter sido conhecido por formar grandes jogadores, nas últimas duas décadas houve um descaso com a base na hora da transição para os profissionais e muitos valores foram perdidos. Entretanto, desde 2018 a situação começou a mudar, e num futuro próximo o clube pode colher muitos dividendos com isso.