Publicidade

O VAR continua dando o que falar no futebol brasileiro e um novo episódio do sistema “descalibrado” ocorreu nesta quinta-feira. Pela Copa do Brasil, ABC e Flamengo jogaram em Natal e um gol rubro-negro não teve a análise do sistema e pode ter sido anulado erradamente.

Aos dois minutos do segundo tempo, Pedro tocou para Michael na esquerda da área e o atacante mandou para a rede. O assistente assinalou o impedimento do camisa 19, mas pelas imagens da TV o lance pareceu normal.

Michael abriu o placar contra o ABC, mas o gol não valeu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O árbitro aguardou a intervenção do VAR, que, entretanto, não aconteceu, e ficou valendo a decisão de campo. A justificativa foi uma câmera descalibrada e a impossibilidade de traçar as linhas para verificar o impedimento.

Publicidade

– É importante que não aconteça (erro no VAR). A classificação estava bem definida, mas, de qualquer forma, a gente sai prejudicado. A gente espera que não aconteça, apesar de saber que isso é possível – afirmou o auxiliar Maurício Souza, que comandou a equipe alternativa em Natal.

Leia também:

Messi e Vidal… Flamengo agita mercado internacional

Léo Pereira dá volta por cima no Flamengo e destaca papel de Renato

Publicidade

Mas não foi apenas o lance do gol que causou polêmica na Arena das Dunas. Ainda no primeiro tempo, na cobrança de um escanteio na área do ABC, Léo Pereira tentou o cabeceio e foi puxado. A imagem da TV mostrou claramente que o defensor potiguar segurou a camisa do zagueiro rubro-negro. O VAR, contudo, não interpretou o lance como faltoso.

– A gente sabe que teve um lance de pênalti no Léo (Pereira) e o gol do Michael. Mas acho que foi um jogo difícil. A equipe adversária veio para vender caro a derrota, fez um jogo muito duro. Analiso como uma boa atuação do Ramon (árbitro principal) – disse Maurício Souza.

Relacionadas

O Flamengo superou os problemas do VAR e marcou o gol da vitória com João Gomes, aos 39 do segundo tempo. Assim, com duas vitórias e o placar agregado de 7 a 0, o Rubro-Negro avançou às quartas de final da Copa do Brasil.

Comentários