Publicidade

O técnico Renato Gaúcho refutou veementemente a ideia de que o Flamengo esteja deixando o Campeonato Brasileiro de lado. Após utilizar um time praticamente reserva no empate em 1 a 1 contra o América-MG, o treinador se viu sob pressão. Imprensa e torcida cobram Renato pela promessa de disputar para vencer todas as competições de 2021.

O Flamengo tem um importante compromisso pela Libertadores na próxima quarta-feira diante do Barcelona-EQU. As duas equipes decidirão uma vaga na final da competição sul-americana no duelo mais importante da temporada até agora. Renato então optou por uma equipe alternativa, e assim como aconteceu no domingo anterior, o time não rendeu bem.

Segundo tropeço seguido no Brasileiro coloca Renato sob pressão (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Contra o Grêmio, no jogo que antecedeu o primeiro jogo das semifinais, o Rubro-Negro teve atuação ruim e amargou uma derrota por 1 a 0. Para Renato, entretanto, foi uma coincidência.

Publicidade

– Apesar que eu falo muito com o grupo para não pensar na próxima partida, no caso da Libertadores. Mas todo mundo quer jogar essa partida e, indiretamente, pensa nessa partida, e às vezes você não tem a entrega total dos jogadores. Mas vou levar para a parte da coincidência, até porque o Flamengo vem entre grandes atuações e atuações abaixo do esperado – afirmou Renato neste domingo.

Leia Também:

Michael lamenta empate: ‘Poderia ter sido melhor’

MQJ Memória: Dia de Cosme e Damião traz lembrança de craques com nomes de doces

Publicidade

Com dois tropeços em duas rodadas seguidas do Brasileiro, o Flamengo ficou a 11 pontos de distância do líder Atlético-MG. Embora com dois jogos a menos, o time não depende mais de si para ser campeão. Mas Renato se apega no fato de que o time ainda tem metade da competição pela frente.

– Mas o Flamengo está na briga. Nós temos 11 pontos do Atlético, temos dois jogos a menos, confronto direto, 57 pontos a serem disputados ainda. Quer dizer, o Flamengo tem o segundo turno todinho ainda pra disputar. Então tem muita coisa pela frente. Onze pontos é uma boa vantagem, mas nós não vamos disputar 20 pontos mais não, são 57. Então tem muita coisa para acontecer e enquanto a gente tiver chance vamos brigar pelo Brasileiro também – garantiu.

Relacionadas

Depois de atuar no Equador nesta quarta-feira, o Flamengo vai encarar o Athletico-PR no próximo domingo, no Maracanã, pela 23ª rodada do Brasileiro.

Comentários