Publicidade

Quis o destino que o Flamengo perdesse por lesões seus dois principais laterais-esquerdos, Filipe Luis e Renê. Assim, o técnico Renato Gaúcho teve de recorrer ao jovem Ramon para ocupar o posto diante do Palmeiras, no último domingo.

Com apenas 20 anos, Ramon é uma das grandes promessas das divisões de base do Flamengo. Campeão da Copa do Brasil sub-17, da Copa São Paulo em 2018 e do Brasileiro sub-20 em 2019, ele já se acostumou com a pressão e títulos. Além disso, enfrentar o Palmeira no Allianz Parque não foi novidade. Ramon fez parte da equipe de garotos que enfrentou o Verdão no histórico empate em 1 a 1 no ano passado em meio a um surto de Covid no elenco.

Ramon foi líder em desarmes contra o Palmeiras no último domingo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Desta vez, Ramon ajudou a equipe a superar o rival paulista por 3 a 1 e recebeu muitos elogios. Sua evolução defensiva ficou evidente com a liderança em desarmes durante o confronto.

Publicidade

Nesta terça-feira, em participação em programa na Fla TV, a dupla mais experiente do Rubro-Negro falou sobre seu ‘pupilo’.

– O Ramon é um cara que a gente gosta muito, tá evoluindo, tá aprendendo, características muito diferentes da nossa. É um jogador com muito mais força, passa o tempo todo – disse Filipe Luis.

– Tem que melhorar em alguns aspectos, mas obviamente muito jovem e tem que aprender esses aspectos táticos. Mas cumpre muito bem e não temos dúvidas que iremos fazer a transição pra ele futuramente. Espero que seja daqui a dez, quinze anos… – completou em tom de brincadeira.

Leia Também:

Publicidade

Flamengo pensa em Daniel Alves. Mas tem obstáculos a superar

David Luiz realiza primeiro treino no Flamengo

Ao seu lado, Renê mostrou que a dupla está em sintonia e o carinho com os mais jovens do elenco.

Publicidade

– É um cara que a gente sempre acompanha. Quando ele joga eu às vezes comento com o Filipe alguma coisa ou outra que eu gostei. O Fili sempre fala com ele e sempre que posso eu tento ajudar. E é o futuro do Flamengo, e como o Fili falou, espero que daqui a uns dez anos – afirmou.

Relacionadas

Após várias semanas em tratamento de uma lesão na coxa, Renê deve retornar ao time nesta quarta-feira, na partida contra o Grêmio. Filipe Luis, entretanto, segue em tratamento de um problema na panturrilha.

Comentários